Você está aqui: Página Inicial / Revista / Na cintura / O prefeito tuiteiro
Número 777,

Tecnologia

Tecnologia

O prefeito tuiteiro

por Felipe Marra Mendonça publicado 03/12/2013 08h39
Na Espanha, a cidade de Jun, próxima a Granada, é gerida à base de 140 toques. Por Felipe Marra Mendonça
Twitter / @Jjoseantoniojun
Rodríguez

Rodríguez mobiliza os 4 mil cidadãos

O prefeito da cidade espanhola de Jun, próxima a Granada, teve uma ideia interessante para aproximar seu governo dos cidadãos. José Antonio Rodríguez, eleito em 2011, determinou que todas as secretárias, vereadores e empregados públicos do município tivessem uma conta oficial no Twitter. Dessa forma, todos eles, inclusive o próprio prefeito (@JoseantonioJun), poderão ser cobrados pela população. Os policiais da cidade, por exemplo, têm a conta costurada no uniforme (@PoliciaJun), e os 4 mil moradores de Jun fazem denúncias através do endereço.

Os casos narrados desde o início do serviço são curiosos. Tarde da noite, um cidadão reclamou com a polícia que havia gente disputando racha perto de sua residência, com muito barulho. A polícia respondeu quatro minutos depois, pediu detalhes dos veículos envolvidos. Após alguns dias, uma senhora avisou a polícia sobre um cavalo solto em uma das ruas da cidadezinha. O animal foi recolhido em seguida.

O próprio governo usa a conta da prefeitura (@AyuntamientoJun) para resolver questões da cidade. No dia 28 de outubro, o prefeito pediu ajuda à população para realizar uma campanha online de reclamações contra a empresa Endesa, por causa dos recorrentes blecautes na cidade. “Outra vez a @EndesaClientes nos deixa sem poder esquentar a mamadeira dos bebês de Jun. Essas são as companhias elétricas que temos”, escreveu o prefeito na sua conta. Dias depois surgiu a foto de uma reunião entre o prefeito e o representante da empresa para tentar resolver o imbróglio. Rodríguez descreveu a reunião como “magnífica”.

“Faz um ano que não temos mais filas ou esperas, o pessoal faz tudo pela rede, até alvarás de obras. Tudo o que era feito fisicamente foi substituído por sistemas na internet, com total segurança”, disse Rodríguez ao jornal Canarias Ahora. Afirmou ainda que a cidade funciona “perfeitamente” graças ao Twitter, que teria rompido com a “crônica surdez política” e permitido um governo ativo, com perguntas e respostas rápidas e soluções diárias para os problemas de Jun.

registrado em: ,