Você está aqui: Página Inicial / Política / Thomaz Bastos abandona defesa de Cachoeira

Política

Cachoeiroduto

Thomaz Bastos abandona defesa de Cachoeira

por Redação Carta Capital — publicado 31/07/2012 10h51, última modificação 31/07/2012 10h53
Decisão é tomada um dia após a mulher do contraventor ser acusada de tentar subornar juiz do caso

O ex-ministro Márcio Thomaz Bastos não fará mais a defesa do bicheiro Carlinhos Cachoeira, afirmou nesta terça-feira 31 ao portal de notíciais G1 o advogado Augusto Botelho. Segundo Botelho, todos os advogado da equipe do ex-ministro, incluindo ele e Dora Cavalcanti, também deixarão o caso.

Questionado pelo portal sobre o abandono repentino, Thomaz Bastos se recusou a comentar o assunto. “Não estou falando sobre isso”, disse o ex-ministro. De acordo comBotelho, as explicações sobre a saída da equipe serão dadas em um momento posterior.

Questionado se o fim do contrato com o contraventor teria relação com o caso de Andressa Mendonça, Botelho não quis explicar as razões para o rompimento. Andressa Mendonça é mulher de Carlinhos Cachoeira e foi presa na véspera sob suspeita de ter tentado subornar o juiz do caso em Goiânia, Alderico Rocha.