Você está aqui: Página Inicial / Política / STF nega liberdade a Cesare Battisti

Política

Judiciário

STF nega liberdade a Cesare Battisti

por Redação Carta Capital — publicado 16/05/2011 19h05, última modificação 16/05/2011 19h22
Relator do processo, o ministro Gilmar Mendes decidiu esperar para analisar o pedido quando os demais colegas da Corte estiverem reunidos. O Plenário do STF deve se reunir para avaliar o caso na próxima semana

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou nesta segunda-feira um pedido de liberdade feito pela defesa do terrorista italiano Cesare Battisti. O magistrado pretende esperar para analisar o caso quando os demais colegas da Corte estiverem reunidos. Um porta-voz dos representantes da Itália no processo confirmou à agência de notícias Ansa que Battisti permanecerá na cadeia até a próxima sessão do plenário do STF, que, segundo ele, pode ocorrer "dia 25 de maio".

A defesa de Battisti havia apresentado na última sexta-feira um novo pedido de liberdade para o italiano, preso desde 2007 em virtude de um pedido de extradição do governo italiano. Battisti foi condenado na Itália por crimes cometidos nos anos 70.

registrado em: