Você está aqui: Página Inicial / Política / Sistema de alerta contra desastres vai levar quatro anos, diz Mercadante

Política

Tragédias

Sistema de alerta contra desastres vai levar quatro anos, diz Mercadante

por Agência Brasil publicado 20/01/2011 16h18, última modificação 20/01/2011 16h34
O ministro de Ciência e Tecnologia disse que, enquanto isso, as defesas civis municipais devem montar planos de emergência para situações de crise. Da Agência Brasil

Por Carolina Pimentel

Enquanto o sistema de prevenção e alerta de desastres naturais não estiver pronto, o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, disse hoje (20) que as defesas civis municipais devem montar planos de emergência para lidar com situações de crise, como inundações, deslizamentos de terra ou secas extremas.

“As defesas civis dos municípios têm de discutir um plano de contingência e buscar orientar a população em situações de crise com os recursos que têm. Os dados meteorológicos estão disponíveis na internet. As defesas civis já podem pensar suas iniciativas ”, afirmou em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços.

Mercadante reafirmou que o sistema nacional de prevenção deve estar em pleno funcionamento em quatro anos. Segundo o ministro, o modelo permitirá às autoridades saber a ocorrência de chuvas fortes, por exemplo, com antecedência de seis horas. Para montar o sistema, o ministro estima a compra de 15 radares, sirenes de alerta e outros equipamentos, além do treinamento da população para situações de desastres naturais.

O ministro informou que vai se reunir hoje com representantes de outras pastas do governo federal para avaliar os custos do sistema.

registrado em: