Você está aqui: Página Inicial / Política / Salvador Allende cometeu suicídio

Política

Fim das dúvidas

Salvador Allende cometeu suicídio

por Redação Carta Capital — publicado 19/07/2011 17h20, última modificação 06/06/2015 18h16
Laudo pericial confirma que ex-presidente chileno se matou com fuzil AK-47, durante ataque das tropas de Augusto Pinochet

Um laudo de uma equipe médica internacional, divulgado nesta terça-feira 19, acabou com as dúvidas que pairavam no Chile sobre a morte do ex-presidente Salvador Allende. A perícia confirmou que o mandatário cometeu suicídio em 11 de setembro de 1973, quando as tropas de Augusto Pinochet atacavam o Palácio La Moneda, sede do governo. O documento foi liberado pela filha do ex-presidente, a senadora Isabel Allende, e pelo chefe do Serviço Médico Legal do país, Patrício Bustos.

Em maio a justiça chilena pediu a exumação de Allende para analisar as causas de seu óbito, tendo inclusive constatado a presença de duas balas em seu crânio.

Entre as teorias sobre a morte de Allende estava a de suicídio e a de assassinato em combate no palácio. Porém, a perícia concluiu que Allende se matou com um fuzil AK-47, arma que pode ser programada para disparar mais de um tiro.

O corpo do ex-presidente já havia passado por uma autópsia realizada por militares nos anos 90, fora do Serviço Médico Legal, desrespeitando a lei do Chile.

registrado em: