Você está aqui: Página Inicial / Política / Rojão explode após ameaças na OAB-RJ

Política

Rio de Janeiro

Rojão explode após ameaças na OAB-RJ

por Redação Carta Capital — publicado 07/03/2013 18h36, última modificação 07/03/2013 18h37
Bombeiros receberam ligação dizendo que três bombas haviam sido plantadas no prédio na véspera da criação de comissão da verdade local

Na véspera da instalação de uma Comissão da Verdade pela Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro, um rojão explodiu na tarde desta quinta-feira 7 na sede seção fluminense da entidade. Não houve danos ou feridos.

Antes de o artefato explodir, o corpo de bombeiros informou ter recebido uma denúncia sobre a existência de três bombas que teriam sido "plantadas" na sede da OAB-RJ. Não foi divulgado o responsável pelas ameaças. Segundo nota emitida pela ordem, os funcionários deixaram o prédio, que está ocupado pelos bombeiros. Leia a íntegra do pronunciamento:

 

A OAB/RJ esclarece: 

1. Hoje, por volta das 15h50, um artefato, lançado das escadas entre o 8ª e  o 9ª andar no prédio localizado à Avenida Marechal Câmara, 150, Centro, explodiu, sem causar danos ou ferimentos em qualquer dos funcionários da seccional fluminense da Ordem.

2. Logo em seguida, o presidente da seccional fluminense, Felipe Santa Cruz, recebeu um telefonema do comando do Corpo de Bombeiros avisando que havia recebido uma denúncia sobre a existência de três bombas que teriam sido “plantadas” na sede da OAB/RJ.

3. Por orientação dos bombeiros, o presidente da OAB/RJ recomendou que os funcionários abandonassem o prédio à espera da chegada do Esquadrão Antibombas da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

4. Os fatos serão investigados pela Delegacia Antibombas da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

5. A OAB/RJ aguarda a análise técnica do artefato e a investigação para se pronunciar.

registrado em: , ,