Você está aqui: Página Inicial / Política / Roberto Jefferson: não tenho arrependimentos

Política

Roberto Jefferson: não tenho arrependimentos

por Redação — publicado 14/11/2013 13h28, última modificação 14/11/2013 13h29
Ex-deputado e delator do "mensalão" se manifestou após nova decisão do STF
Agência Brasil
Jefferson em depoimento no Conselho de Ética da Câmara em 2005

Jefferson em depoimento no Conselho de Ética da Câmara em 2005

Delator do caso do “mensalão”, o ex-deputado federal Roberto Jefferson disse nesta quinta-feira 14, pelo Twitter, que não se arrepende das declarações que resultaram no julgamento do caso. “Não (tenho arrependimentos), tudo certo. Não me regozijo, sou um réu condenado como todos os outros, vamos aguardar que se cumpra o destino.”

No julgamento do Supremo Tribunal Federal, nesta quarta-feira 13, o STF decidiu pela prisão de Jefferson e outros condenados. A do ex-deputado foi mantida em sete anos e 14 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de multa de 720 mil reais.

Em seu blog, ele criticou a "nefasta judicialização da política brasileira". Leia a íntegra abaixo:

“Há oito anos denunciei ao País o maior escândalo que jamais presenciei no Planalto Central desde que me tornei deputado. Tudo realizado por quem, por décadas, apontou o dedo para muitos, acusando-os de corruptos, dando início à nefasta judicialização da política brasileira. Fui cassado e tive meus direitos suspensos por 10 anos; ontem, a Corte Suprema do meu país decretou minha prisão. Estou satisfeito com a decisão? Mentiria se dissesse que sim; conforta-me, porém, a crença de que a política brasileira, daqui para a frente, pode ser melhor.“

registrado em: ,