Você está aqui: Página Inicial / Política / Recife: Lula é escalado para conter avanço de candidato do PSB

Política

Eleições 2012

Recife: Lula é escalado para conter avanço de candidato do PSB

por Redação Carta Capital — publicado 28/08/2012 15h57, última modificação 28/08/2012 16h16
Crescimento do apadrinhado de Eduardo Campos faz o PT ligar o sinal de alerta na capital pernambucana

A ascensão do candidato Geraldo Julio (PSB) nas pesquisas de intenção em Recife acendeu o sinal de alerta na campanha do PT na capital pernambucana. Após uma série de disputas internas, o partido, que há quase 12 anos administra o município, apostou todas as suas fichas no ex-senador Humberto Costa. Nos últimos dias, porém, viu o favoritismo do petista desidratar: apadrinhado político do governador Eduardo Campos (PSB), o até então pouco conhecido Geraldo Julio tem agora 14% das intenções de voto e está tecnicamente empatado com Mendonça Filho (DEM), que tem 15% - Costa tem 25%, sempre de acordo com o instituto DiárioData Associados.

Realizada entre os dias 14 e 16 de agosto, a pesquisa ouviu os eleitores antes do início da propaganda eleitoral na tevê. A expectativa, com a exposição dos candidatos, é que Geraldo Julio se torne mais conhecido e cresça nas pesquisas, o que diminuiria as chances de uma arrancada do petista ainda no primeiro turno.

Para evitar isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi escalado na propaganda veiculada nesta terça-feira em Recife. No programa, ele saiu em defesa de Humberto Costa e não poupou críticas à candidatura patrocinada pelo seu ex-ministro Eduardo Campos - até então um dos maiores aliados petistas no Nordeste. Sem citar Geraldo Julio, Lula ironizou os candidatos que, segundo ele, “de vez em quando inventam palavras mágicas, como gestor e choque de gestão”, marcas do adversário. “É importante que, na hora de votar, o eleitor vote em alguém que, sobretudo, tenha coração, consciência e compromisso com a parte mais pobre da população”, completou Lula.

Racha na aliança

A cidade de Recife é um dos símbolos da ruptura nacional entre o Partido Socialista Brasileiro (PSB) com o Partido dos Trabalhadores (PT). Assim como em Belo Horizonte e Fortaleza, o PSB decidiu lançar candidatos próprios à prefeitura. Porém, eles, na prática, rivalizam diretamente com o antigo aliado, o PT, na capital pernambucana e mineira.

No caso de Belo Horizonte, o candidato do PSB, Marcio Lacerda, lidera as pesquisas com 46% das intenções de voto, seguido por Patrus Ananias (PT) com 23%. Apesar disso, publicamente, as lideranças dos dois partidos negam a cissão. Resta saber até quando.

Assista à aparição de Lula na propaganda eleitoral de Costa: