Você está aqui: Página Inicial / Política / Psol declara “voto crítico” em Dilma

Política

Segundo turno

Psol declara “voto crítico” em Dilma

por Redação Carta Capital — publicado 15/10/2010 15h50, última modificação 15/10/2010 16h03
No entanto, o candidato derrotado Plinio Sampaio votará nulo no segundo turno

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) após uma executiva nacional neste sexta-feira 15, recomendou aos militantes do partido voto nulo ou "voto crítico" na candidata petista Dilma Rousseff. O anúncio foi feito pelo secretário geral do partido Afrânio Boppre. Eles também recomendaram "nenhum voto em Serra".

O candidato derrotado a presidência pela legenda, Plínio Arruda Sampaio, anunciou que votará nulo. "O candidato José Serra representa a burguesia mais moderna, mais organicamente ligada ao grande capital internacional, mais truculenta na repressão aos movimentos sociais. A candidata Dilma Rousseff é uma incógnita. Se prosseguir na mesma linha de seu criador - o que não se tem condição de saber - o tratamento aos movimentos populares será diferente: menos repressão e mais cooptação"

registrado em: