PF paulista recusa inquérito ligando Dantas ao “mensalão” — CartaCapitalCarta Capital
Você está aqui: Página Inicial / Política / PF paulista recusa inquérito ligando Dantas ao “mensalão”

Política

Grupo Opportunity

PF paulista recusa inquérito ligando Dantas ao “mensalão”

Segundo reportagem, a polícia de São Paulo sugere que investigação continue no Rio de Janeiro, Belém ou Belo Horizonte
por Redação Carta Capital — publicado 04/03/2013 12h10, última modificação 04/03/2013 12h10
Comments

A Polícia Federal em São Paulo recusou inquérito que investiga uma suposta ligação entre o banqueiro Daniel Dantas e o “mensalão”. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a PF da capital paulista concluiu que o caso terá que ser investigado em outras cidades. O processo foi remetido à Justiça, que decidirá um novo local para a investigação.

A PF investiga se o grupo Opportunity fez doações ilegais ao PT por meio do publicitário Marcos Valério. "No caso ora examinado, trata-se de investigar elementos de prova que confirmem que as empresas Brasil Telecom, Telemig Celular e Amazônia Celular, que pertenciam ao Grupo Opportunity, aderiram ao esquema criminoso montado pelo empresário Marcos Valério", disse o delegado Rodrigo Adriano Sandre, segundo a reportagem do jornal.

A corregedoria da Polícia Federal paulista cita outras três capitais onde o grupo teve maior atuação: o Rio de Janeiro (sede da antiga Brasil Telecom e do banco Opportunity), Belém (Amazônia Celular) e Belo Horizonte (Telemig e empresas de Marcos Valério).

registrado em: ,

Comentários

Se a discussão para este artigo estiver fechada e não for mais possível postar comentários, por gentileza, acesse nosso Facebook ou Twitter, e fique à vontade para comentar 24 horas por dia. Todos os comentários no site são moderados e pode haver um período de espera entre a postagem e a aprovação. As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, e não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1 mil caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Obrigado.

comentários do blog alimentados pelo Disqus