Você está aqui: Página Inicial / Política / Petista sobe oito pontos e lidera em Fortaleza, diz Datafolha

Política

Eleições - Fortaleza

Petista sobe oito pontos e lidera em Fortaleza, diz Datafolha

por Redação Carta Capital — publicado 27/09/2012 11h22, última modificação 27/09/2012 11h22
Elmano Freitas lidera com 24% dos votos, mas Roberto Claudio (PSB) é o favorito para vencer no segundo turno

Uma nova pesquisa de opinião em Fortaleza divulgada nesta quinta-feira 27 mostra que o segundo turno na quinta cidade mais populosa do Brasil pode ter um embate entre os candidatos do PT e do PSB. De acordo com o levantamento do Datafolha, publicado pelo jornal O Povo, o candidato do PT, Elmano Freitas, e o do PSB, Roberto Cláudio, tiveram altas em suas intenções de voto enquanto o antigo líder, Moroni Torgan (DEM), caiu e agora está em terceiro lugar.

No levantamento de 10 e 11 de setembro, Elmano Freitas (PT) tinha 16% dos votos e agora subiu para 24%. Roberto Claudio (PSB) foi de 17% para 19% e aparece em empate técnico com Elmano, uma vez que a margem de erro é de três pontos percentuais para cima e para baixo. Moroni Torgan (DEM), que chegou a liderar as pesquisas com 27% dos votos, tem agora 18%, quatro pontos a menos que na última pesquisa. Moroni está no limite da margem de erro, mas a tendência indica queda do democrata. Heitor Ferrer (PDT), que subiu quatro pontos na última pesquisa, não sustentou a alta e tem hoje 13%, um ponto a menos do que tinha há duas semanas.

Em termos de votos válidos, Elmano tem 27%, contra 22% de Roberto Claudio, 21% de Moroni e 15 de Ferrer. Na pesquisa espontânea, Elmano aparece com 18%, contra 13% de Moroni, 12% de Roberto Claudio e 9% de Ferrer.

Segundo turno

Num hipotético segundo turno entre Elmano e Roberto Claudio, o pessebista venceria, segundo o Datafolha, por 46% a 37%. Roberto Claudio venceria também Moroni Torgan, por 47% a 32%, e Heitor Ferrer, por 47% a 36%. Sem Roberto Claudio na disputa, Elmano se torna o favorito. Ele venceria Moroni Torgan por 47% a 35% e Heitor Ferrer por 43% a 38%.

As derrotas de Moroni no segundo turno são explicadas parcialmente por sua taxa de rejeição, a maior entre todos os candidatos, de 36%. Elmano tem 24%, Inácio Arruda (PCdoB) tem 21%, Roberto Claudio tem 19%. Heitor Ferrer tem 9%.

O Datafolha ouviu 1.143 eleitores em Fortaleza nos dias 25 e 26 de setembro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará sob o número 00079/2012.

registrado em: , ,