Você está aqui: Página Inicial / Política / Pesquisa Datafolha divulga apenas parte das respostas às perguntas curiosas

Política

Segunto turno

Pesquisa Datafolha divulga apenas parte das respostas às perguntas curiosas

por Celso Marcondes — publicado 27/10/2010 10h30, última modificação 27/10/2010 10h31
Resultado geral mostra estabilidade, Dilma tem 56% dos votos válidos ante 44% de Serra. Não sabemos o que foi respondido sobre a saúde dos candidatos

Resultado geral mostra estabilidade, Dilma tem 56% dos votos válidos ante 44% de Serra. Não sabemos o que foi respondido sobre a saúde dos candidatos

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada na noite desta terça-feira 26 aponta uma estabilidade em relação à pesquisa anterior do dia 21. Dilma Rousseff continua com 56% dos votos válidos e José Serra com 44%, resultado idêntico ao da semana passada.

Considerado o total de votos, Dilma tem 49% - contra 50% no dia 21 - e Serra 38%, ante 40% na pesquisa anterior. Indecisos são 8% e os que declaram que votarão em branco ou nulo somam 5%.

Nos dados por faixas de renda, a petista continua na frente entre os que ganham menos de 2 Salários Mínimos e entre os que ganham entre 2 e 5 SM. Serra venceria, dentro da margem de erro, na faixa de 5 a 10 SM e folgadamente entre os que ganham mais de 10 SM (55% a 35%).

Nas regiões do País, Dilma continua vencendo facilmente no Nordeste (64 a 27%). Ganha também no Norte/Centro-Oeste (47% a 43%) e no Sudeste (44% a 40%). Serra vence apenas no Sul, por 48% a 41%.

Perguntas curiosas:

Em artigo publicado aqui ontem () chamávamos a atenção para duas perguntas muito curiosas que os entrevistadores faziam na pesquisa, após a declaração da intenção de voto do eleitor. Elas também chamaram a atenção dos nossos leitores, que postaram aqui mais de uma centena de comentários a respeito, dando suas interpretações dos fatos.

Hoje, deparados com a divulgação da pesquisa nas páginas da Folha, vemos apenas as respostas a uma daquelas perguntas, a que queria saber quanto importante seriam na definição de voto dos eleitores os quesitos: envolvido em corrupção, experiência administrativa, ser do sexo feminino ou masculino, ser ou não religioso, ser casado, ser pobre ou rico.

Ficamos sabendo pelas respostas que para 87% dos entrevistados é muito importante que o candidato “nunca tenha se envolvido com casos de corrupção”. E que para 84% é muito importante que ele “tenha experiência administrativa”.

Diante da questão sobre a importância do candidato ser religioso, 36% dos entrevistados disseram ser “muito importante”, 15% disseram “um pouco” e 47% afirmaram que a questão não é “nada importante” para a definição de seus votos.

Sobre a importância que o candidato seja do sexo masculino 13% afirmaram que é “muito importante” e 18% disseram a mesma coisa sobre o peso de ela ter sexo feminino.

28% dos entrevistados responderam que é muito importante que o candidato seja casado e 13% “um pouco importante”. Para 57% dos que responderam a questão, não é “nada importante”.

Por fim, sobre a situação financeira dos candidatos, 77% dos entrevistados afirmaram que não é “nada importante” que ele seja rico e 74% deles disseram que não é “nada importante” que seja pobre.

O leitor deve estar se perguntando agora qual a serventia destas perguntas. Eu também. Mas o mais curioso vem agora: a pergunta 15 do questionário não tem suas respostas divulgadas pelas páginas do jornal. Qual era ela?

“Algumas pessoas defendem que se um candidato à Presidência apresenta um problema de saúde, isto deve ser informado a todos os eleitores. Outras pessoas acreditam que um problema de saúde é assunto pessoal que importa apenas o candidato e seus familiares. Com qual frase você concorda mais:

1) se um candidato à Presidência tiver um problema de saúde isto é um questão pública e deve ser de conhecimento de todos OU  2) se um candidato à Presidência tiver um problema de saúde isto é uma questão pessoal e não deve ser de conhecimento de todos?”.

Daí decorrem mais duas perguntas aos leitores: qual a motivação da pergunta 15? Por que não foram divulgadas suas respostas?

registrado em: