Você está aqui: Página Inicial / Política / Palocci envia informações à PGR

Política

Enriquecimento

Palocci envia informações à PGR

por Agência Brasil publicado 28/05/2011 09h34, última modificação 28/05/2011 10h17
O ministro se antecipou em uma semana em relação ao prazo dado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel

Luciana Lima e Débora Zampier*

Brasília - O ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, protocolou na sexta-feira 27, pouco antes das 19h, a resposta ao pedido de esclarecimento feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel. A informação foi confirmada pela assessoria da Casa Civil, que não forneceu mais detalhes sobre o conteúdo do documento. O ministro se antecipou em uma semana em relação ao prazo dado por Gurgel, uma vez que o último dia para envio dos esclarecimentos seria a próxima sexta-feira 3.

No pedido de esclarecimento, Gurgel anexou a íntegra das duas representações dos partidos de oposição PPS e DEM enviadas ao órgão. Apenas após a manifestação de Palocci é que Gurgel decidirá se abre investigação para apurar crimes ou se arquiva o caso.

Enquanto a PGR aguardava informações, o Ministério Público Federal no Distrito Federal abriu investigação para apurar suposto enriquecimento ilícito do ministro. O MPF pediu à Receita Federal cópia das declarações de Imposto de Renda da Projeto, a empresa de consultoria do ministro, escrituração contábil, cópia dos contratos de prestação de serviço, aditivos contratuais, comprovação de serviços prestados, cópias de pareceres e atas de reunião, entre outros documentos.

“Não foram apresentadas publicamente justificativas que permitam aferir a compatibilidade dos serviços prestados [pela Projeto] com os vultosos valores recebidos”, alega o Ministério Público no pedido de investigação. A Projeto tem prazo de 15 dias para prestar as informações pedidas.

*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil

registrado em: