Você está aqui: Página Inicial / Política / Opinião pública sem viés

Política

Parceria

Opinião pública sem viés

por Redação — publicado 20/06/2013 15h42
CartaCapital passa a publicar uma série de pesquisas do Vox Populi sobre temas centrais na agenda dos brasileiros
Vox Populi

Na primeira rodada serão testados os nomes de Dilma, Aécio, Campos, Serra e Marina nas eleições para a presidência

Tudo começou a partir de uma constatação do sociólogo Marcos Coimbra, presidente do Instituto Vox Populi e colunista de CartaCapital: as pesquisas de opinião são pouco e mal utilizadas no Brasil. “Colher a avaliação dos cidadãos é comum nos países mais desenvolvidos. Aqui, os levantamentos são esporádicos, feitos em datas aleatórias, salvo no ano de eleições”, explica. “Talvez porque a mídia brasileira prefira decretar uma ‘verdade’ a ouvir o que a população realmente pensa sobre determinado assunto.”

Nasceu assim uma nova parceria entre o instituto e a revista. A partir da próxima edição, que chega às bancas nesta sexta-feira 21, CartaCapital passa a publicar uma série de pesquisas do Vox Populi de forma regular, em datas predeterminadas – e não na esteira de um fato excepcional. No site cartacapital.com.br alguns dados da pesquisa serão publicados também na manhã desta sexta-feira 21.

Até o fim deste ano, o levantamento será realizado a cada dois meses e terá duas partes. Uma, repetida em suas linhas gerais a cada rodada, vai avaliar a popularidade do governo federal e da presidenta Dilma Rousseff, além de colher a opinião dos eleitores sobre a qualidade das principais políticas públicas, entre elas segurança, educação e saúde. Também medirá a intenção de voto em prováveis e possíveis candidatos à Presidência da República. Na primeira rodada, cujo resultado estará nas bancas em São Paulo na sexta-feira 21 e no restante do Brasil no sábado 22, constarão da lista de presidenciáveis, em simulações distintas, Dilma Rousseff, Marina Silva, Aécio Neves, José Serra e Eduardo Campos. Esta seleção pode mudar nas enquetes posteriores, a depender do desenrolar do jogo político.

Uma parte variável da pesquisa, modificada a cada levantamento, pretende colher a opinião dos brasileiros sobre temas em debate na sociedade. Nesta primeira enquete, quando serão ouvidos 2,2 mil cidadãos em 180 cidades de todos os estados (à exceção de Roraima e do Distrito Federal), os entrevistados vão opinar a respeito da redução ou não da maioridade penal e em que medida estão preocupados com a inflação. A redação de CartaCapital, em parceria com o Vox Populi, definirá os temas a serem abordados nas rodadas posteriores. Será uma oportunidade de traçar um rico painel da opinião pública de forma geral e do posicionamento de determinados segmentos, divididos por classe, renda e escolaridade, por exemplo.

“O objetivo é fornecer um quadro mais realista do humor dos brasileiros em relação ao governo e a certos temas e permitir uma leitura mais precisa, sem viés, do sentimento da população naquele momento. Essa parceria não está engajada em nenhum projeto político ou partidário”, afirma Coimbra.