Você está aqui: Página Inicial / Política / Obrigado, leitores. Feliz 2011

Política

Ano novo

Obrigado, leitores. Feliz 2011

por Celso Marcondes — publicado 31/12/2010 12h30, última modificação 31/12/2010 12h30
CartaCapital agradece aos seus leitores e propõe o aprofundamento do nosso contato no novo ano. Por Celso Marcondes

CartaCapital agradece aos seus leitores e propõe o aprofundamento do nosso contato no novo ano

Hora de agradecer aos leitores que nos acompanharam ao longo de um 2010 mais que intenso. Ano que marcou a estreia do nosso novo site e, a partir dele, o estabelecimento de um laço mais forte com quem optou por este caminho de leitura e informação. Nossa responsabilidade aumentou rapidamente: de 6.500 visitantes únicos por dia no começo do ano, ainda com o que chamamos de “site velho”, saltamos para uma média de 36 mil, com pico de 56 mil durante as eleições presidenciais. De 300 mil “pageviews” mensais para 3 milhões. De 13 mil seguidores no Twitter, para 71 mil neste findar de ano.

Números a nos permitir falar agora que, além da edição impressa semanal de CartaCapital, em seu 16º ano de vida, construímos um novo veículo de informação e debate, com todas as características diferenciadas permitidas pelo mundo digital.

Fizemos isso ao mesmo tempo em que assistimos ao crescimento das vendas em banca e do número de assinantes da revista. O site não “canibalizou” a mídia impressa, a criação de Mino Carta está mais viva do que nunca. A internet se integrou com o papel e atingiu um público novo, que, pelas mais distintas razões, não tem acesso à revista. A rede mundial de computadores fez com que CartaCapital ficasse conhecida em lugares onde jamais havia chegado e destes lugares nasceram novos assinantes da edição impressa, a entrar pela porta do site, com seu acesso gratuito e democrático, aberto para todos, sem conteúdo pago ou restrito.

Gratificante, pois muitos já abandonaram a mídia impressa e outros tantos, jovens, nem chegaram a adotá-la um dia. Porém, essa é a saudável realidade de CartaCapital, não são poucos os que permanecem a reverenciar as delícias do tátil e do portátil das páginas grampeadas. E parte deste povo ainda tem a manha, ou o hábito, de também navegar pela web.

Obrigado pela companhia dos que navegaram um dia por estes mares. Sem os seus comentários, críticas, sugestões e “retuites” não teríamos motivos para satisfação.

Obrigado aos nossos primeiros “Sócios Capitais” e pelas dezenas de textos que nos mandaram para publicação.Em breve terão mais motivos para manter nossa sociedade.

Obrigado aos nossos colaboradores, aos colunistas, aos repórteres, estagiários e “free-lancers” que construíram este conteúdo, nosso maior capital, em 2010.

Obrigado aos parceiros. Sites, blogs e jornalistas que durante todo o ano estabeleceram uma relação profícua com CartaCapital, a resultar numa rede de contatos, de troca de matérias, artigos,fontes e dicas, capaz, em vários momentos, de disputar espaço com os grandes veículos da mídia tradicional, os poucos conglomerados familiares que quase controlam os meios de comunicação do País e se negam a vê-los regulamentados.

Um capítulo encerrado, outro iniciado. Ele coloca para nós novos desafios, na certeza de que ainda temos muito para melhorar, vários defeitos para corrigir. Esta rede mundial de computadores não alisa os que ficam parados, mas os atropela sem dó. Aprimorar, evoluir, incorporar novos recursos tecnológicos e, ao mesmo tempo, diversificar e aprofundar a oferta de um conteúdo especial e que dê conta das diversidades regionais do País, estes são os objetivos para 2011.

Para alcançá-los, já temos pronta uma nova reforma gráfica e editorial que deve responder às várias limitações do nosso trabalho já apontadas pelos leitores.

Ela auxiliará nossa busca pela construção de um veículo de comunicação que defende a ideia de um mundo mais justo, com menos desigualdade social, mais democrático e aberto para o debate, para a crítica, o confronto de opiniões e o aprofundamento dos temas relevantes para o desenvolvimento do Brasil.

Feliz 2011, leitores de CartaCapital. Que sigamos juntos nesta busca.

registrado em: