Você está aqui: Página Inicial / Política / Nova prefeita de Jandira diz que abrirá auditoria nas contas do município

Política

Crime

Nova prefeita de Jandira diz que abrirá auditoria nas contas do município

por Redação Carta Capital — publicado 14/12/2010 17h15, última modificação 14/12/2010 17h15
Empossada após assassinato de Braz Paschoalin, Anabel Sabatine afirma que investigará o suposto esquema de corrupção envolvendo vereadores do município

A médica Anabel Sabatine (PSDB) tomou posse na última segunda-feira 13 como prefeita de Jandira e anunciou que fará uma auditoria na contas do município para apurar um suposto esquema de corrupção que envolveria seis dos 11 vereadores da cidade. Na sexta-feira 10, o prefeito Braz Paschoalin (PSDB) foi morto a tiros em frente a uma rádio local.
Os vereadores são investigados pelo Ministério Público por suspeita de receberem dinheiro do prefeito assassinado para que projetos fossem aprovados na câmara. Segundo a investigação, os valores chegariam a 10 mil reais para cada um e seriam desviados do executivo.
Os promotores acompanharão as investigações policiais para apurar se há relações entre a morte e o esquema de corrupção. O Ministério Publicou pediu a quebra do sigilo telefônico dos seis vereadores suspeitos. Seus nomes não foram revelados porque o inquérito envolve dados sigilosos.
Posse

Ao assumir o cargo, Anabel Sabatine afirmou temer por sua segurança. “Eu espero concluir meu mandato viva”, disse em entrevista coletiva. Ela foi eleita na chapa de Paschoalin em 2008, mas rompeu com o prefeito por supostas irregularidades na compra de remédios para a rede pública. Anabel fez denuncia no Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado e deixou o cargo de secretária municipal de Saúde.

registrado em: