Você está aqui: Página Inicial / Política / Minuto a minuto: siga agora a votação em todo o País

Política

Eleições 2012

Minuto a minuto: siga agora a votação em todo o País

por Redação Carta Capital — publicado 07/10/2012 08h48, última modificação 07/10/2012 22h18
Os 5561 municípios do Brasil elegem neste domingo 7 os prefeitos e vereadores que permanecerão no cargo entre 1º de janeiro de 2013 até 31 de dezembro de 2016
GeraldoJulio400_EC

O novo prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB), ao lado do padrinho, o governador Eduardo Campos. Foto: Divulgação / PSB

Os 5561 municípios do Brasil elegem neste domingo 7 os prefeitos e vereadores que permanecerão no cargo entre 1º de janeiro de 2013 até 31 de dezembro de 2016. O horário de votação é das 8h até as 17 horas, no horário local de cada cidade. A expectativa do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é de que a apuração de todas as cidades esteja concluída até às 22 horas deste domingo.

Acompanhe tudo o que ocorre nas votações:

22h01: CartaCapital encerra aqui a cobertura ao vivo do primeiro turno das eleições municipais de 2012. Agradecemos a todos que acompanharam!

22h00: Agora com 97,45% das urnas apuradas em Cuiabá, os candidatos Mauro Mendes, do PSB, e Lúdio do PT, vão para o segundo turno, com respectivamente 43,94% e 42,19% dos votos.

21h19: São Paulo - Fernando Haddad cumprimentou os companheiros de campanha. "Queria agradecer às centenas de pessoas que elaboraram, na minha opinião, o melhor plano de governo que São Paulo já teve, um documento sólido que trará ume melhor qualidade de vida para seus moradores", disse. E completou: "Queria também agradecer aos meus concorrentes pelo respeito e pela contribuição que deram ao debate público."

21h17: São Paulo - Após a derrota no primeiro turno, o candidato do PRB Celso Russomanno se diz tranquilo. "Nós recebemos uma grande número de votos, uma votação grande para que tinha um espaço tão pequeno. Nós tínhamos apenas dois minutos na televisão, estamos felizes com o resultado", afirmou, durante coletiva de imprensa. Ele também afirmou que não descarta alianças com quaisquer candidatos do segundo turno. "Zera tudo a partir de agora", declarou.

21h13: - Cuiabá é a única capital na qual as eleições não estão definidas ou matematicamente definidas. Os votos do candidato Lúdio Cabral (PT) ainda não foram computados pelo TSE, o que causa confusão na apuração. Apenas 26,13% das urnas foram computadas.  O motivo é um problema no registro do vice da chapa do petista.

19h59: E Schneider também prevê o clima para o segundo turno em São Paulo, provavelmente contra Fernando Haddad (PT): “Não devemos nacionalizar a campanha, ainda que seja entre PT e PSDB, porque o apoio da Dilma já fez o efeito que poderia ter”.

19h58: De olho no segundo turno, Alexandre Schneider, candidato a vice-prefeito na chapa de José Serra, diz que aceitaria apoio de qualquer partido na fase seguinte da disputa. Ele promete buscar os votos recebidos até pelo candidato Carlos Giannazzi, do PSOL, informa Piero Locatelli.

19h57: Haverá segundo turno em Florianópolis. Com 100% das urnas apuradas, o candidato Cesar Souza Júnior, do PSD, recebeu 31,65% dos votos válidos e terminou a disputa em primeiro lugar, seguido pelo adversário Gean Loureiro, do PMDB, que obteve uma votação de 27,39%. Angela Albino (PC do B), a candidata apoiada pelo PT - que estava em segundo lugar nas pesquisas - ficou na terceira colocação, recebeu 25,03%.

19h54: Em Recife, o .

19h23: São Paulo -- Com 87% das urnas apuradas, José Serra (PSDB) segue na liderança com 31% dos votos. Fernando Haddad (PT) é o segundo com 28,7%. Celso Russomanno vai ficando fora do 2º turno com 21,3%. Na sequência, vêm: Gabriel Chalita (PMDB) 13,6%, Soninha (PPS) 2%, Giannazi (PSOL) 1% e Paulinho da Força (0,6%).

19h22: Porto Alegre -- .

19h20: Rio de Janeiro -- .

19h04: Em Manaus, até o momento há uma surpresa. Com 85,03% das urnas apuradas, Artur Virgílio (PSDB) tem uma ampla vantagem sobre Vanessa Grazziotin (PCdoB), apoiada por Lula. O tucano possui 41,6% dos votos válidos contra 19,77%. Pesquisa Ibope de quinta-feira 5 mostrava os dois em empate técnico: 33% a 31% para o tucano.

18h59:Em Cuiabá, Lindinalva Silva, a candidata a vereadora pelo PTB e irmã do ex-presidente Lula, foi detida hoje à tarde acusada de fazer boca de urna.

18h51: Ao contrário do que apontavam as pesquisas boca de urna, o deputado ACM Neto (DEM) lidera a disputa em Salvador com 41,69% dos votos válidos e 69,38% das urnas apuradas. Em segundo aparece o petista Nelson Pelegrino, que havia ultrapassado o demista nos últimos dias. Ele tem 38,33%.

18h49: Em Fortaleza, Heitor Ferrer (PDT) está tendo uma votação bem acima do que as pesquisas mostravam. Com 55,41% dos votos apurados, ele é o terceiro colocado, com 22,24% dos votos e ameaça a ida de Roberto Claudio (PSB) ao segundo turno. Claudio está em segundo, com 23,33%. Lidera Elmano Freitas (PT), com 24,22%.

18h39: Com 39,15% das urnas apuradas, o candidato José Serra segue em primeiro na corrida para prefeito em São Paulo. O tucano tem 31,84% dos votos válidos. Fernando Haddad, do PT, vem logo em seguida com 27,8%. Celso Russomanno (PRB), líder durante boa parte da campanha, tem soma 21,51%, seguido por Gabriel Chalita (PMDB), com 13,75%. Na boca de urna, o cenário mostrava Serra com 30% dos votos, Haddad, com 29%, e Russomanno, com 23%.

18h38: Em Belo Horizonte, o atual prefeito Marcio Lacerda (PSB) tem 53,26% dos votos, com pouco mais de um décimo das urnas apuradas. As pesquisas bocas de urnas davam a possibilidade de vitória dele no primeiro turno. O candidato petista Patrus Ananias tem 40,5%

18h29: A possibilidade de segundo turno em Recife é incerta e deve ficar clara só no final da apuração. Geraldo Júlio (PSB) tem 50,03% dos votos com 18,54% das urnas apuradas. Seu possível adversário, Daniel Coelho, tem 28,11%. O petista Humberto Costa tem 17,6%.

18h20: Com 11,8% das urnas apuradas, o candidato José Serra segue em primeiro na corrida para prefeito em São Paulo. O tucano tem 30% dos votos válidos. Fernando Haddad, do PT, vem logo em seguida com 27%. Celso Russomanno (PRB), líder durante boa parte da campanha, tem soma 22%, seguido por Gabriel Chalita (PMDB), com 14%. Na boca de urna, o cenário mostrava Serra com 30% dos votos, Haddad, com 29%, e Russomanno, com 23%.

18h18: Em Natal, o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) lidera com 37,36% dos votos válidos, com 38,62% das urnas apuradas. O petista Fernando Mineiro (23,81%), por enquanto, aparece em segundo lugar. Logo em seguida vem Hermano Morais (PMDB), 23,79%. Na pesquisa Ibope de sábado 6, o peemedebista estava em segundo lugar com 5 pontos percentuais de vantagem sobre Mineiro: 18% a 15%. Eduardo tinha 44%.

18h02: Em Vitória, 78,12% dos votos já estão apurados. Luciano Rezende (PPS) tem 38,59% dos votos válidos e Luiz Paulo (PSDB) tem 37,34%. Iriny Lopes (PT) está em terceiro lugar com 18,27%.

17h48: Com 82,19% das urnas apuradas em Curitiba, Ratinho Júnior (PSC) lidera com 33,51%. Contrariando as pesquisas, Gustavo Fruet (PDT) tem 27,71% e o atual prefeito, Luciano Ducci (PSB), candidato do governador Beto Richa (PSDB), tem 26,68%.

17h40: Com 73,35% das urnas apuradas em Palmas, capital do Tocantins, a liderança é do colombiano Carlos Amastha (PP), com 49,58% dos votos válidos. Em segundo lugar aparece Marcelo (PV), com 43,4%. Em terceiro, está Luana Ribeiro (PR) com 4,72%. Não há segundo turno, pois a cidade tem menos de 200 mil eleitores.

17h36: Curitiba já tem 25% das urnas apuradas. Ratinho Junior lidera com 36,91%, Gustavo Fruet (PDT) tem 26,19% e Luciano Ducci (PSB), 25,28%. Paraná é o estado com a apuração mais adiantada, com 7,2% das urnas. Oito estados ainda não começaram a apuração.

17h33: A pesquisa de boca de urna do Ibope, divulgada pela TV Globo, mostra a possibilidade de Geraldo Julio (PSB) ser eleito prefeito do Recife no primeiro turno. Geraldo recebeu 51% dos votos. Como a margem é de dois pontos para cima ou para baixo, ele pode ter 49% dos votos válidos. Daniel Coelho (PSDB) teve 26% e Humberto Costa (PT) teve 20% segundo o Ibope.

17h30: Segundo o Ibope, o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), deve vencer a eleição no primeiro turno com 56% dos votos válidos, seguido por Jovair Arantes (PTB), com 18%, e Elias Junior (PMN), com 11%.

17h26: Em Salvador, a pesquisa boca de urna do Ibope aponta vitória no primeiro turno de Nelson Pelegrino (PT), com 43% dos votos válidos. Em seguida aparece ACM Neto (36%). A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Os dois candidatos devem ir para o segundo turno. O Ibope ouviu 4 mil eleitores.

17h23: As pesquisas de boca de urna em Fortaleza indicam que os candidatos Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB) disputarão o segundo turno na capital cearense. Segundo o Ibope, Elmano tem 28% dos votos válidos, seguido por Roberto Claúdio ,com 24%, e Moroni Torgan (DEM) com 18%.

17h12: Em São Paulo, os candidatos José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) devem ir ao segundo turno das eleições municipais, segundo pesquisa boca de urna do instituto Ibope. O tucano tem 30% e o petista, 29%. Celso Russomanno (PRB) aparece com 23%.

17h11: Em Porto Alegre, o prefeito José Fortunati aparece em pesquisa Ibope com 62% dos votos válidos Manuela D'àvila, segunda colocada, tem 23%. Quatro mil pessoas foram ouvidas na pesquisa de boca de urna na capital gaúcha.

17h11: Boca de urna/Rio de Janeiro: Eduardo Paes (PMDB) tem 67% e Freixo (PSOL) 27%, segundo o Ibope.

17h08: Pesquisa Ibope de boca de urna aponta a provável reeleição de Márcio Lacerda (PSB) em Belo Horizonte. Ele aparece com 52% dos votos válidos, contra 42% do petista Patrus Ananias. A margem de erro, de dois pontos percentuais, ainda não permite concluir se haverá ou não segundo turno.

16h56: Em Alagoas, um juiz de Traipu (a 188 quilômetros de Maceió) determinou o fechamento do comércio na cidade porque os comerciantes/militantes estavam distribuindo comida em troca de votos.

16h51: Os mais de 1,3 milhão de eleitores de Sergipe votam com reconhecimento de digitais. Todos os 75 municípios do estado estão equipados com máquinas de reconhecimento biométrico. Mas na capital, Aracaju, foram registrados problemas técnicos em algumas sessões.

16h44: Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até o momento 1.601 urnas eletrônicas precisaram ser trocadas neste domingo 7, ou 0,39% do total de mais de 400 mil. Em apenas um caso no estado do Rio de Janeiro foi necessário usar cédulas de papel.

16h38: Segundo informações do TRE-SP, quatro candidatos foram presos cometendo crime de boca de urna no estado de São Paulo. São eles: Rosângela Zanon (PPL), da capital, Amauri Queiroz, (PV),de Valinhos, Arlindo Bento do Nascimento (PT), de Iaras, e Mário Silva (PV), de Gabriel Monteiro.

Além dos candidatos, 30 pessoas foram detidas hoje. Um eleitor de Santa Adélia fotografou seu voto e foi preso por quebra do sigilo do voto. Em Taboão da Serra, município da Grande São Paulo, 29 foram presos pelo crime de boca de urna.

16h23: Em Santa Catarina, três soldados da Brigada Militar do Rio Grande do Sul foram detidos na cidade de Sombrio. Eles são suspeitos de fazer boca de urna, enquanto realizavam a segurança particular de um candidato a vereador local. Os militares devem responder a um processo disciplinar.  Ao menos três vereadores no estado foram detidos sob suspeita de realizar este crime eleitoral.

16h13: Ainda em Curitiba, o terceiro colocado nas pesquisas, Gustavo Fruet (PDT), votou por volta das 10h20, na companhia da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Ele disse estar confiante em passar para o segundo turno. “O fundamental é que o segundo turno é uma eleição diferente. É uma eleição em que a estrutura fica menos desigual, e os candidatos, frente a frente, têm que se expor.”

16h07: Líder nas pesquisas em Curitiba, Ratinho Junior (PSC) esteve em seu colégio eleitoral às 8h30. "A expectativa é torcer para estar no segundo turno. (Esta é) Uma eleição muito dura, talvez a mais disputada do país.”

16h05: O candidato à reeleição em Curitiba, Luciano Ducci (PSB), votou por volta de 10h e rebateu as críticas de outros candidatos sobre as desigualdades da cidade durante sua gestão. "Não é a pior cidade do mundo, como tentaram mostrar na campanha. É uma grande cidade, é uma cidade de referência no Brasil."

15h56: O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) fez duras críticas ao PSDB em post em seu blog na manhã deste domingo. Dias não revelou seu voto na eleição de Curitiba, mas lamentou o fato de os tucanos terem dado apoio ao prefeito Luciano Ducci (PSB), uma manobra comandada pelo governador Beto Richa, um dos principais nomes do PSDB paranaense. Ducci era vice-prefeito de Curitiba e assumiu o cargo quando Richa decidiu concorrer ao governo. “Meu partido abdicou da disputa, fugiu à responsabilidade e ficou refém da base aliada que, nestes últimos 10 anos, vem oferecendo apoio a Lula e Dilma”, disse.

Segundo Dias, participar nas eleições de 2012 seria “desrespeito” aos que acreditaram nele para fazer “oposição ao modelo promíscuo de governo que se institui no Brasil e que deu origem ao mensalão e à prática espúria do loteamento da estrutura publica”. Ainda segundo Dias, “os partidos não existem mais, são siglas para registro de candidaturas”.

15h47: Enquanto a grande maioria dos cerca de 139 milhões de eleitores, nos 5.568 municípios do país, terão ao menos duas opções de candidatos para prefeito, em 117 cidades não haverá essa possibilidade. Nestes locais, existe apenas um candidato que precisa de um voto válido para se eleger. É o que aponta um estudo recente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Ao todo, essas cidades representam quase 2% dos municípios do Brasil. Segundo a lista, os estados com mais cidades nesta situação são Minas Gerais (21), Rio Grande do Sul (20) e São Paulo e Paraná, com 18 cada.  .

15h38: Outro réu no 'mensalão', o ex-deputado José Genoino também foi às urnas registrar seu voto neste domingo às 8h15 da manhã. Visivelmente nervoso, Genoino recusou-se a responder perguntas de jornalistas e os chamou de ‘urubus’. “Vocês são urubus que torturam a alma humana", dizia em voz alta, em referência ao trabalho da imprensa, saegundo a Folha de S. Paulo.

15h36: Osasco (SP) -- O deputado federal João Paulo Cunha (PT) votou às 13h30 deste domingo 7, em Osasco (Grande São Paulo), no colégio Lucy Anna Carrozo Latorre. Cunha liderava as intenções de voto na cidade até ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do processo do 'mensalão' e retirar sua candidatura. Segundo o Estado de S. Paulo, após registrar seu voto, o petista saiu correndo da sala de votação e não falou com os jornalistas. O candidato do PT que substituiu Cunha na disputa é Jorge Lapas, que concorre contra o candidato Celso Giglio (PSDB).

15h31: Rio de Janeiro -- Pela manhã, Caetano Veloso publicou em seu instagram (site de compartilhamento de fotos) oficial uma foto em que aparece usando uma camiseta com a frase “Nada deve parecer natural”, de Bertold Brecht, e escreveu: “Hoje é dia de votar em #freixo50”. No início de setembro, o cantor, acompanhado de Chico Buarque, já havia feito um show de apoio à campanha do candidato do PSOL.

15h24: Manaus -- Os dois candidatos favoritos para disputar o 2º turno votaram pela manhã. Segundo o último Ibope antes da eleição, Arthur Virgilio (PSDB) tem 31% das intenções de voto; Vanessa Grazziotin (PCdoB), 29%.

15h18: Bauru (SP): Ladrões impediram que o artista circense e candidato a vereador pelo PR, Paulo Sérgio Rodrigues, o Palhaço Rogerito, fizesse uso de seu figurino de campanha no último dia da corrida eleitoral. Na noite de sábado 6, assaltantes arrombaram vidro de sua van e levaram a roupa e a maquiagem do artista. Em sua página no Facebook, o candidato a vereador pediu a devolução de seu figurino de trabalho. "Atenção senhor ladrão que arrombou minha van ontem à noite, por favor, devolva minhas roupas de palhaço e meu sapato. Peço a sua gentileza, afinal isso não será útil a você", reclamou.

15h12: Florianópolis -- Os três candidatos principais votaram pela manhã. Segundo o Ibope da última sexta-feira 5, Cesar Souza Jr (PSD) vai ao 2º turno com 40% dos votos. Angela Albino (PCdoB) tem 28%, seguida de Gean Loureiro (PMDB), com 24%.

15h04: São Paulo -- Maioria dos integrantes da cúpula do PSDB acham que irão ao 2º turno contra Fernando Haddad (PT). Mas todos os ouvidos pelo repórter Piero Locatelli, de CartaCapital, preferem o 2º turno contra Celso Russomanno (PRB). Um deles disse que Russomanno é "despreparado, sem base nenhuma na sociedade e com uma equipe medíocre".

14h54: Na pequena cidade de Águas de São Pedro (SP), os dois únicos candidatos da cidade, Paulo Ronan (PSDB) e Marcelo Pato (PMDB), foram detidos pela Polícia Militar após trocarem socos e pontapés durante a votação deste domingo 7.  A briga aconteceu depois dos candidatos se encontrarem na escola em que votam.

14h45: Aos 81 anos, José Carlos Mello Rocha recebeu uma homenagem em Curitiba como o mesário mais antigo do Brasil. Há 62 anos, ele exerce a função e já participou de 45 eleições (na primeira, Getúlio Vargas foi eleito).  Rocha recebeu uma faixa e um troféu da Ranking Brasil. "Com 12 anos de idade, eu já trabalhava em um cartório de registro civil na minha cidade, datilografando títulos de eleitor. Foi a partir daí que eu comecei a gostar do voluntariado e atuar como mesário nas eleições", disse, em entrevista coletiva.

14h39: A segunda colocada na disputa em Porto Alegre, Manuela D'Ávila (PC do B), votou acompanhada das sobrinhas e irmãs. Com 23% dos votos válidos, reclamou da "força econômica" da candidatura de Fortunati. "Eleições não são só a manifestação da vontade popular pura e simples. É um processo de disputa econômica, de disputa de tempo de televisão."

14h33: O atual prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), foi às urnas por volta das 8h20 em um colégio no centro da cidade. De acordo com o Datafolha, ele deve ser eleito no primeiro turno com 61% dos votos válidos. Ao jornal Zero Hora, disse estar confiante com a vantagem. “O cidadão de Porto Alegre é politizado, já tem sua decisão tomada, basta ratificá-la nas urnas.”

14h32: Os três líderes das pesquisas na disputa pela prefeitura de Porto Alegre votaram pela manhã na capital gaúcha. O primeiro deles foi Adão Villaverde (PT), terceiro colocado nas intenções de voto válidos, com 10%, segundo Datafolha. Estava acompanhado do governador Tarso Genro, Olívio Dutra e da ministra Maria do Rosário.

14h24: Ao Terra, o filho de ACM e tio de ACM Neto, o senador ACM Júnior, minimiza a relação da rejeição do candidato do DEM à prefeitura de Salvador com a rejeição ao avô dele. "O senador Antonio Carlos deixou um grande histórico, e apesar de Neto estar assumindo sua identidade política e ser um político com projeção nacional, não deve nem precisa negar suas raízes", disse.

14h20: Carmem Cristina da Silva Lima, candidata a vereadora pelo PDT em Itacoatiara (a 176 km de Manaus) foi presa às 9h30 deste domingo após ter sido flagrada pela Polícia Civil trocando pasta base de cocaína por votos. De acordo com o jornal O Globo, os policiais desconfiaram de uma aglomeração em torno de um carro e, chegando lá, prenderam a candidata com 11 papelotes. Eleitores afirmaram que ela estava fazendo a distribuição da droga desde cedo.

14h12: Recife -- Com chances de sequer chegar ao 2º turno, o candidato Humberto Costa (PT) criticou o favorito Geraldo Júlio (PSB) ao votar pela manhã. "Lutamos na campanha contra o abuso do poder econômico, como foi o caso da Compesa. O estado enviando notas e rebatendo nossas críticas. Agora, eles investem na boca de urna. Peços aos eleitores que denunciem estes abusos", disse o petista ao Diário de Pernambuco. Segundo as últimas pesquisas, Júlio tem boas chances de ser eleito já neste domingo.

14h04: Curitiba - O senador Roberto Requião (PMDB) e seu candidato à prefeitura de Curitiba, Rafael Greca (PMDB), votaram pela manhã no colégio Julia Wanderley.

Na noite de sábado, pelo Twitter, Requião fez um apelo para os eleitores de Gustavo Fruet (PDT), terceiro colocado, para que migrassem para Greca. Em Curitiba, quem lidera é Ratinho Júnior (PSC), seguido pelo atual prefeito, Luciano Ducci (PSB).

14h00: São Paulo - Neste momento, José Serra (PSDB) está almoçando em um restaurante da Mooca com todo o estafe do PSDB, seu vice Alexandre Schneider, com o prefeito Gilberto Kassab, e com suas tias.

13h52: Fortaleza - O candidato Elmano de Freitas (PT) compareu à zona eleitoral ao lado da prefeita Luizianne Lins (PT), que o apóia. "Nesta quarta-feira eu vou a São Paulo para uma reunião. Se eu estiver no segundo turno nós vamos conversar para que o presidente Lula venha a Fortaleza, tanto para que possamos fazer uma grande homenagem ao governo dele, como para que ele reforce a nossa candidatura", disse Elmano, segundo o Terra.

13h33: Ao votar pela manhã, no colégio Sion, em Higienópolis, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse duvidar do empate tríplice entre os candidatos apontado pelo Ibope. "Olha que eu conheço bem esse negócio de pesquisa. Nunca vi, deve ser um (caso) em um bilhão ter três candidatos com 26%. Eu duvido".

13h11: No local, Haddad manteve o otimismo: "O PT é um partido de chegada. Cresce muito na última semana, que é quando as pessoas do bairro se informam. A vida é muito sofrida para a população da periferia, passa duas ou três horas por dia no ônibus. Como vai se informar? Na última semana, recorre aos colegas de trabalho, familiares, liderança comunitária do bairro, se informa melhor e toma a decisão.”

13h10: O candidato do PT, Fernando Haddad, votou neste domingo em Moema acompanhado da mulher, Ana Estela, e dos filhos Frederico, de 19 anos, e Carolina, 12 anos – que digitou os números na urna para o pai.

13h03: A candidata a vereadora pelo Partido Pátria Livre Rosângela Zanon foi presa em flagrante no Cambuci, em São Paulo, por boca de urna. Ela panfletava em nome dela e do candidato do mesmo partido a vereador Sergio Cruz. Todo material foi apreendido. Ela assinou um termo circunstanciado e foi liberada

12h58: A Polícia Militar da Bahia prendeu, até o momento, 22 pessoas fazendo boca de urna e um candidato a vereador por compra de voto. Foram 19 prisões somente em Amélia Rodrigues, entre elas o candidato a vereador. Até as 12h, a Justiça Eleitoral baiana registrou 101 ocorrências por problemas com urnas eletrônicas, sendo que 33 precisaram ser substituídas, oito em Salvador.

12h50: Diz a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Carmen Lúcia: "As eleições estão correndo em clima de tranquilidade absoluta. Todos os anos têm uma ou outra ocorrência como prisões. Mas não há nada de anormal".

12h42: As chuvas comprometem o deslocamento de eleitores do Acre até as urnas. Dos 22 municípios do estado, apenas a capital, Rio Branco, poderá ter segundo turno, pois é a única cidade com mais de 200 mil eleitores. A segurança foi reforçada e policias federais e civis percorrem as ruas para evitar a boca de urna.

12h36: Constrangimento para Celso Russomanno: o candidato do PRB foi rejeitado ao tentar cumprimentar uma mesária do colégio onde vota, na manhã deste domingo, na zona Sul da cidade: "Deus me livre, não cumprimento, não", disse a mesária que recusou a lhe dar a mão. Na saída, o candidato disse ter sido alvo de "mentiras e desinformação" ao longo da campanha.

12h25: Relator do processo do chamado "mensalão" no Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa votou neste domingo, por volta das 11h15min, no clube Monte Líbano, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. Barbosa, que pediu a condenação da maioria dos réus do processo - entre eles o ex-ministro José Dirceu e o ex-deputado José Genoino, foi cumprimentado por muitos eleitores no local. Ele deu autógrafos e posou para fotos na chegada e também na saída.

12h10: Apesar disso, Lacerda (PSB) disse que tem "95% de chances" de ser reeleito ainda no 1º turno. "Vou para casa nadar e tomar um sol".

12h09: Belo Horizonte: Marcio Lacerda (PSB) disse que, se houver 2º turno, não "será bonzinho" com o PT "como foi no 1º turno". "Fizerem todo um trabalho de desconstrução da minha imagem no primeiro turno e eu não respondi. Se houver um segundo turno, naturalmente, tenderemos a não sermos tão bonzinhos", disse, segundo o Globo.

12h00: - Rio de Janeiro: Marcelo Freixo (PSOL) acompanhou o deputado federal Chico Alencar (PSOL) na votação. E mantém otimismo em um possível 2º turno na cidade. "A gente está esperando ter entre 25% e 30% dos votos. Esse último Datafolha já começou a consertar. Vamos aguardar o resultado", disse ao Globo.

11h55: Já o candidato Fernando Haddad (PT) encontrou Lula antes de votar pela manhã e disse que o 'mensalão' não deve influenciar na votação. "Nunca fui arguido na rua sobre esse assunto. Em 60 dias caminhando todos os dias em dois, três bairros por dia. Acho que as pessoas sabem discernir exatamente o que está em jogo na eleição", disse à Folha Online.

11h53: Na coletiva, Serra estava acompanhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do seu vice Alexandre Schneider, do prefeito Gilberto Kassab e outros tucanos.

11h48: Em São Paulo, o candidato José Serra (PSDB) disse há pouco que não está totalmente tranquilo com o resultado das eleições. “O povo vai decidir o destino da cidade e nós vamos ficar aqui na expectativa”, disse Serra. “Estou confiante, mas não estou totalmente tranquilo”. O candidato tucano fez um discurso de aproximadamente dois minutos e  não quis responder perguntas de jornalistas. “Hoje não é dia de candidato falar. Hoje quem fala é o povo.”

11h32: Presidenta Dilma Rousseff votou em Porto Alegre por volta das 10 horas. E declarou: "Eu queria registrar uma coisa. Eu sou de uma geração que não votou e é importante, mesmo quando a memória individual das pessoas vai se dissolvendo, porque muita gente no Brasil já nasceu na democracia, mas há uma quantidade de brasileiros que ainda se lembra do que é não ter o direito ao exercício do voto".

11h17: Em São Paulo, José Serra acaba de votar. Ele dará uma entrevista coletiva dentro de instantes. Depois deverá almoçar no bairro da Mooca, onde nasceu, e aguardar à tarde o resultado da votação no centro da cidade.

11h14: Fernando Haddad (PT) vota neste momento.

11:10: Em Curitiba, erros do PT e PSDB abriram espaço para .

10h56: No Centro-oeste, o .

10h50: Veja os resultados das últimas pesquisas Ibope para as eleiçõe em Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Natal e Palmas .

10h47: Em Salvador, o 2º turno deve ser disputado entre Nelson Pellegrino (PT) e ACM Neto (DEM). Ambos aparecem 34% e 27%, respectivamente, no último levantamento Ibope.

10h35: Em Recife, o candidato favorito Geraldo Julio (PSB) votou por 9 horas acompanhado do governador Eduardo Campos (PSB), seu aliado e mentor político. Ele é favorito para ser eleito no 1º turno, segundo o Ibope. Em segundo lugar está Daniel Coelho (PSDB), com 21%, seguido por Humberto Costa (PT), 16%.

10h27: Em São Paulo, o candidato Celso Russomanno (PRB) vota neste momento em um colégio do bairro do Morumbi.

10h24: Hoje também é dia de eleições na Venezuela. O país vizinho decide se Hugo Chavez continua sua "revolução". O desafio eleitoral, no entanto, é o mais difícil desde que chegou ao poder. Saiba o que está em jogo por lá .

10h11: Dilma Rousseff, ao votar momentos atrás: "Eu sou da geração que não votou, não podia votar. Hoje é um dia especial para o Brasil, porque mais uma vez mostramos que somos uma democracia".

9h51: Em Curitiba, o candidato Ratinho Júnior (PSC) deve disputar o 2º turno -- ele teria 37% dos votos válidos, segundo o último levantamento Datafolha, feito na última sexta e sábado. A definição é quanto ao seu adversário: o atual prefeito Luciano Ducci (PSB) tem 27%, e Gustavo Fruet (PDT), 23%. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. Rafael Greca (PMDB) tem 11%.

9h37: A presidenta Dilma Rousseff acaba de votar no colégio Santos Dummont, em Porto Alegre (RS). Estava acompanhada do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), seu companheiro de partido. Na sequência, ela deve voltar à Brasília, onde acompanhará o resultado das eleições do Palácio da Alvorada.

9h29: O presidente nacional do PSDB, Sergio Guerra, foi internado no Recife nesta domingo. Ele é diabético e teve uma forte desidratação. Ele está na UTI fazendo tratamento para se reidratar. Segue a nota do PSDB: "O PSDB informa que o deputado federal Sérgio Guerra, presidente nacional da legenda, encontra-se internado desde ontem (06/10) no Hospital Santa Joana, no Recife, após ser acometido de uma infecção intestinal e apresentar um quadro de desidratação. O internamento foi recomendado pelos médicos para que seja realizado com mais tranquilidade o processo de reidratação do paciente".

9h25: Na eleição em Belo Horizonte, o último levantamento do Datafolha antes das eleições apontapossibilidade de 2º turno entre Marcio Lacerda (PSB) e Patrus Ananias (PT): o atual prefeito aparece com 50% dos votos válidos, e Patrus, com 43%.

9h09: No Rio de Janeiro, o Datafolha aponta a reeleição do atual prefeito Eduardo Paes (PMDB) já neste domingo. Segundo o instituto, Paes deve ter 66% dos votos válidos. Marcelo Freixo (PSOL) aparece com 25%. Otavio Leite (PSDB) e Rodrigo Maia (DEM) tem 3% na estimativa.

9h04: O Instituto Datafolha também aponta empate técnico entre os três principais candidatos em São Paulo: José Serra (PSDB) tem 28%, Celso Russomanno (PRB), 27%, e Fernando Haddad (PT), 24%, em levantamento feito entre sexta 5 e sábado 6.

8h54: A disputa pela prefeitura na capital paulista está acirradíssima. , divulgada na noite deste sábado, aponta os três principais candidatos, Russomanno (PRB), Serra (PSDB) e Haddad (PT), empatados com 22%.

8h52: Os pontos de votação estão abertos desde as 8 horas.

 

registrado em: ,