Você está aqui: Página Inicial / Política / Mino Carta, aos nordestinos: ‘Venho do estado mais reacionário do País’

Política

Diálogos Capitais

Mino Carta, aos nordestinos: ‘Venho do estado mais reacionário do País’

por Redação Carta Capital — publicado 06/12/2011 13h32, última modificação 06/12/2011 14h40
Na abertura de seminário sobre desenvolvimento no Nordeste, o diretor de CartaCapital criticou sinais medievais de seu estado e exaltou os avanços políticos em estados como Bahia, Ceará e Pernambuco
mino carta dialogos capitais

"O progresso (do Nordeste) não foi somente econômico e social. O progresso foi político", disse Mino Carta

Ao abrir o seminário “O Nordeste do Século XXI – Desenvolvimento com Igualdade Social”, nesta terça-feira 6 em Salvador, o diretor de redação de CartaCapital, Mino Carta, exaltou as conquistas sociais e econômicas ocorridas na região na última década e lamentou que, em contraposição, ainda exista tantos sinais “da idade média” no estado de São Paulo, a unidade mais rica da federação.

“Eu venho do estado mais reacionário (São Paulo) do País, uma área onde permanecem claros sinais de Idade Média”, disse o jornalista, ao comparar a situação política e social das duas regiões.

Parte dos seminários “Diálogos Capitais”, promovido por CartaCapital, o evento em Salvador reuniu autoridades e especialistas para discutir os desafios da região Nordeste para os próximos anos.

Na plateia estavam autoridades do Nordeste, entre eles o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

“Me honra estar com vocês, numa região que, na última década, foi de longe a que mais evoluiu, a que mas progrediu. E o progresso não foi somente econômico e social. O progresso foi político”, disse Mino Carta em seu discurso.

Segundo o jornalista, o Nordeste hoje é a região onde “existe uma compreensão do que efetivamente convém ao País para avançar e ser o que o Brasil merece e não foi por causa de elites retrógradas”.

O governador da Bahia e o ministro Bezerra falaram, na sequência, sobre avanços e oportunidades para a região. Nelma Santos, consultora do Ibope, e André Vital, diretor-superintendente da Odebrecht Infraestrutura, e Zezéu Ribeiro, secretário de planejamento do Estado da Bahia, falaram sobre reserva de mercado, responsabilidade empresarial e integração dos estados no Nordeste.

registrado em: , ,