Você está aqui: Página Inicial / Política / Marcos Valério é condenado a nove anos de prisão

Política

Sonegação

Marcos Valério é condenado a nove anos de prisão

por Agência Brasil publicado 15/02/2012 09h24, última modificação 15/02/2012 09h24
Após mensalão vir a público, os acusados buscaram regularizar notas fiscais com a falsificação de assinatura de autoridades municipais,
valério

O operador Marcos Valério resolve falar. Foto: Agência Brasil

Brasília - O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza, conhecido pelo seu envolvimento no escândalo do mensalão, foi condenado a nove anos de prisão pela Justiça Federal em Minas Gerais. A ação penal mineira é um dos desdobramentos do processo que investiga o pagamento de propina a parlamentares em 2005. A Justiça Federal também condenou os ex-sócios de Valério na agência SMP&B, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach.

Valério, Paz e Hollerbach foram condenados por sonegação fiscal envolvendo R$ 90 milhões e por e falsificação de documento público. O Ministério Público Federal, autor da ação, alegou que os acusados sonegaram tributos e contribuições federais entre 2003 e 2004.

 Na sentença, o juiz explica que, após ter vindo a público os fatos ligados ao mensalão, os acusados buscaram regularizar notas fiscais com a falsificação de assinatura de autoridades municipais, farsa descoberta por meio de perícia.

Os réus poderão recorrer da sentença em liberdade. No final do ano passado, Marcos Valério e Ramon Hollerbach foram presos na Operação Terra do Nunca, que investigou a grilagem de terras na Bahia. Ambos foram soltos pelo Superior Tribunal de Justiça e também respondem a esse processo em liberdade.

*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil 

registrado em: ,