Você está aqui: Página Inicial / Política / Mantega define domésticas como reserva de trabalho subutilizada

Política

Economia

Mantega define domésticas como reserva de trabalho subutilizada

por Redação Carta Capital — publicado 05/07/2011 16h12, última modificação 05/07/2011 16h12
Em palestra na Inglaterra, Guido Mantega afirmou que Brasil possui reserva de mão de obra e citou empregadas domésticas como exemplo

O ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou que o Brasil possui reserva de trabalhadores. Em discurso, Mantega citou as empregadas domésticas como exemplo de mão de obra que poderia ser utilizada no setor produtivo. Segundo ele, trabalhadores que hoje não atuam no setor produtivo podem ocupar cargos gerados pela economia em crescimento.

Para ele, essa reserva é uma virtude e não defeito. Ele comparou a situação brasileira à dos países desenvolvidos, onde, segundo ele, quase não existe mais trabalho doméstico. O discurso foi proferido à jornalistas em Londres, onde o ministro fez seminário para investidores.

Mantega afirmou que a economia brasileira não sofre com superaquecimento e não há bolhas de crédito, nem de mercados de capitais. Segundo ele, o desafio do governo é reduzir custos de infra-estrutura e energia elétrica e aumentar a produtividade.

Além disso, o ministro disse que o governo continuará adotando medidas para impedir a queda na cotação do dólar frente ao real. Ele se disse preocupado com injeções de capital que o governo americano tem feito no mercado.

registrado em: