Você está aqui: Página Inicial / Política / Kassab é eleito presidente do PSD

Política

Convenção

Kassab é eleito presidente do PSD

por Redação Carta Capital — publicado 13/08/2011 18h40, última modificação 13/08/2011 18h50
Kátia Abreu, Raimundo Colombo e Omar Azizi foram escolhidos vice-presidentes da legenda, que ainda é questionada na Justiça

O prefeito de São Paulo Gilberto Kassab foi eleito presidente do PSD, partido que fundou, em convenção neste sábado (13). O evento, realizado no Edifício Joelma, centro da capital paulista, onde funciona a sede da legenda, também definiu a senhadora Kátia Abreu (TO), ligada aos grandes grupos de fazendeiros do Centro-Oeste e norte do País, como 1ª vice-presidente. O governador de Santa Catarina Raimundo Colombo e o governador do Amazonas Omar Azizi foram escolhidos, respectivamente, como 3º e 4º vice-presidentes.

Embora já tenha organização de partido, o PSD enfrenta questionamentos na Justiça sobre sua criação, sobretudo dos partidos DEM e PTB, que perderam vários nomes para a nova legenda de Kassab.

Cenário indefinido para as eleições 2012

A ideia de Kassab é lançar o vice-governador paulista Guilherme Afif Domingos como candidato a prefeito de São Paulo nas eleições de 2012. Os nomes de Francisco Luna, secretário de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo, e Eduardo Jorge, secretário do meio ambiente paulistano, também são cotados. "Com certeza nosso candidato estará no 2º turno das eleições em 2012", declarou Kassab à Agência Estado.

Faltando pouco mais de um ano para as eleições de 2012, os principais partidos seguem sem definição de candidatos para a prefeitura de São Paulo. Se o atual prefeito especula sobre Guilherme Afif Domingos, o PT vê o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para lançar candidato o ministro da Educação Fernando Haddad. Ao mesmo tempo, a ex-prefeita e atual senadora Marta Suplicy segue com planos de entrar na disputa.

Pelo lado do PSDB, o nome mais forte é o ex-prefeito José Serra, que deixou o cargo para ser candidato a governador em 2006, o que deu lugar para Kassab. O senador Aloísio Nunes Ferreira também está bem cotado, embora, especula-se, o favorito do governador do estado, Geraldo Alckmin, seja Bruno Covas, Secretário do Meio Ambiente do Estado e neto do ex-governador Mário Covas. José Aníbal e Andrea Matarazzo também são nomes possíveis.

registrado em: