Você está aqui: Página Inicial / Política / Justiça liberta bombeiros presos em manifestação

Política

Crise no Rio

Justiça liberta bombeiros presos em manifestação

por Agência Brasil publicado 10/06/2011 11h08, última modificação 10/06/2011 11h28
Porta-vozes dos manifestantes diz que o próximo passo agora é conseguir a anistia dos militares

Vitor Abdala*

Rio de Janeiro - A Justiça do Rio de Janeiro concedeu na manhã desta sexta-feira 10 habeas corpus para a libertação dos mais de 430 bombeiros presos no último sábado. A decisão foi tomada depois de um pedido feito por quatro deputados federais: Alessandro Molon (PT-RJ), Mendonça Prado (DEM-SE), Dr. Aluízio (PV-RJ) e Protógenes Queiroz (PCdoB-SP).

Os bombeiros foram presos depois de ocupar o quartel central da corporação, no centro do Rio, em uma manifestação por melhores salários e condições de trabalho. Os deputados estão se dirigindo, neste momento, para o quartel de Charitas, onde está presa a maioria dos bombeiros.

Segundo o capitão bombeiro Lauro Botto, um dos porta-vozes dos manifestantes, o próximo passo é conseguir a anistia dos bombeiros. “Para que os processos que advenham de todos esses acontecimentos nem sequer cheguem a ocorrer”, disse.

*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil

registrado em: