Você está aqui: Página Inicial / Política / Jovem de 16 anos é preso por participação nos ciberataques em defesa do Wikileaks

Política

Documentos Secretos

Jovem de 16 anos é preso por participação nos ciberataques em defesa do Wikileaks

por Redação Carta Capital — publicado 09/12/2010 17h11, última modificação 09/12/2010 17h12
Suspeito foi detido na Holanda e teria participado das ações que derrubaram os sites da gigante de cartões de crédito MasterCard e da Paypal

Um jovem de 16 anos foi preso em Haia, Holanda, por suposta participação nos ataques virtuais que tiraram do ar sites de empresas que romperam relações financeiras com o WikiLeaks e seu fundador, Julian Assange. Em nota, a promotoria nacional disse acreditar que o jovem colaborou com os ataques aos portais da MasterCard e da Paypal.

O nome do suspeito não foi divulgado.

registrado em: ,