Você está aqui: Página Inicial / Política / Ibope: escândalos não abalam a dianteira de Dilma

Política

Pesquisa

Ibope: escândalos não abalam a dianteira de Dilma

por Redação Carta Capital — publicado 17/09/2010 20h02, última modificação 18/09/2010 16h43
A candidata petista tem 51% das intenções de voto para a Presidência e venceria no primeiro turno; José Serra, do PSDB, cai dois pontos e tem 25%

A pesquisa Ibope divulgada no início da noite desta sexta-feira 17 mostra que a candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência não foi abalada pelos recentes escândalos da Receita Federal e da Casa Civil. No levantamento, realizado entre os dias 14 e 16, a petista teve 51% das intenções de voto. O tucano José Serra - que explorou as quebras de sigilo fiscal e a denúncia de cobrança de propina na Casa Civil em seu programa de TV - caiu dois pontos em relação à pesquisa anterior e, agora, tem 25% do eleitorado.

Quem mais cresceu foi a candidata Marina Silva, do PV. A candidata verde teve um aumento de três pontos nas intenções de voto e chegou a 11%. Outros candidatos não chegaram a 1%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.