Você está aqui: Página Inicial / Política / Ibope confirma queda de Dilma

Política

Eleições 2014

Ibope confirma queda de Dilma

por Redação — publicado 18/07/2013 20h00, última modificação 20/07/2013 09h45
Numa disputa com Marina Silva, Aécio Neves e Eduardo Campos, a presidenta perdeu 28 pontos percentuais, mas ainda lidera

Uma pesquisa eleitoral realizada pelo Ibope e pelo jornal O Estado de S.Paulo mostrou que, após as manifestações de junho, a presidenta Dilma Rousseff sofreu uma grande queda nas intenções de voto, mas continua liderando a corrida presidencial.

Segundo o Ibope, Dilma (PT) tem 30% das intenções de voto na pesquisa estimulada, contra 22% da ex-senadora Marina Silva (atualmente sem partido), 13% do senador e presidente do PSDB Aécio Neves (PSDB) e 5% do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Na pesquisa de março, com o mesmo cenário, Dilma tinha 58% das intenções de voto, contra 12% de Marina, 9% de Aécio e 3% de Campos. Na mesma pesquisa, o número de pessoas que declararam voto em branco ou nulo foi de 9% para 18%.

Na pesquisa espontânea, Dilma caiu de 35% para 16% nas intenções de voto entre março e julho. Segundo o levantamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem 12%, contra 5% de Aécio, 4% de Marina, 3% de Joaquim Barbosa (presidente do Supremo Tribunal Federal) e José Serra (ex-governador de São Paulo) e 1% de Eduardo Campos e Geraldo Alckmin (atual governador de São Paulo).

Nesta quinta-feira, em evento em São Bernardo do Campo, Lula reafirmou que não será candidato em 2014 e que trabalhará para a reeleição de Dilma.

No segundo turno, empate técnico

Na simulação de segundo turno realizada pelo Ibope, há um empate técnico entre Dilma e Marina Silva. A atual presidenta tem 35% das intenções de voto, contra 34% de Marina. Neste cenário, 19% dizem que anulariam ou votariam em branco.

Num hipotético segundo turno com Aécio Neves, Dilma levaria vantagem. Ela tem 38%, contra 26% do líder tucano. Neste cenário, 24% votariam em branco ou nulo. Contra Eduardo Campos, Dilma teria vantagem de 39% a 19%.

Barbosa candidato?

Num cenário estimulado e com Joaquim Barbosa como candidato, Dilma fica com 29% das intenções de voto, contra 21% de Marina e 12% de Aécio. O presidente do STF vai a 6% e Campos teria 5%. Num hipotético segundo turno entre Dilma e Barbosa, a presidenta venceria por 40% a 22%.

A pesquisa foi feita entre 11 e 14 de julho, em 140 municípios de todas as regiões do país, nos quais foram entrevistadas 2002 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o intervalo de confiança, de 5%.