Você está aqui: Página Inicial / Política / Hugo Chávez regressa a Caracas

Política

Venezuela

Hugo Chávez regressa a Caracas

por Redação Carta Capital — publicado 24/07/2011 09h56, última modificação 24/07/2011 09h58
"Não foram encontradas células malignas", afirma presidente, há uma semana em Cuba para tratamento de quimioterapia

Apenas uma semana após ter pedido permissão ao Parlamento para viajar a Cuba e realizar um tratamento de quimioterapia contra um câncer, o presidente venezuelano Hugo Chávez regressou de surpresa na noite deste sábado 23 a Caracas. O mandatário foi recebido por seu vice, Elías Jaua e por integrantes do gabinete ministerial. Em discurso, Chávez afirmou que as análises realizadas em Havana não detectaram a presença de células malignas em seu corpo, mas que ele deve dar continuidade ao tratamento.

Em discurso transmitido pela televisão estatal, ele destacou: “o risco ainda existe e por isso (foi necessária) a quimioterapia que me foi aplicada toda esta semana em várias sessões. Estou feliz”.

Ao longo da semana em que esteve em Cuba, Hugo Chávez encontrou-se com o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega e com o ex-jogador de futebol argentino, Diego Maradona.

Entenda o caso
Em meados de junho, durante uma viagem internacional que incluía o Brasil, Chávez teve de permanecer em Cuba por um mês após ter descoberto ser portador de um tumor. Durante sua estada em Havana, não faltaram especulações sobre seu real estado de saúde e houve pressão por parte da oposição venezuelana para que ele cedesse o poder temporariamente a seu vice. Também surgiram dúvidas se o presidente concorreria às eleições de 2012 – a participação de Chávez foi confirmada a uma semana por um de seus ministros.

O presidente regressou a Caracas no dia 4 de julho. Duas semanas depois, ele pediu permissão ao Parlamento para realizar a segunda fase de seu tratamento em Havana. Durante o período de sua ausência, Chávez delegou parte de seus poderes presidenciais a Elías Jaua.

registrado em: