Você está aqui: Página Inicial / Política / Haddad indica 3 nomes da USP para o secretariado

Política

São Paulo

Haddad indica 3 nomes da USP para o secretariado

por Redação Carta Capital — publicado 12/11/2012 16h23, última modificação 12/11/2012 16h23
Nos primeiros cargos anunciados, o petista deixou de fora nomes ligados aos partidos que deram apoio à sua eleição

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou nesta segunda-feira 12 os cinco primeiros nomes do seu secretariado. Neste primeiro grupo, o petista privilegiou petistas e acadêmicos. Nomes de partidos da sua base aliada, que devem ser acomodados em secretarias, ainda não foram anunciados.

Os primeiros escolhidos foram o coordenador da campanha à prefeitura, Antônio Donato (secretaria de Governo), o empresário Marcos de Barros Cruz (Finanças), o economista Luís Fernando Massonetto (Negócios Jurídicos), a economista Leda Paulani (Planejamento, Orçamento e Gestão) e o urbanista Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbana).

Entre os nomes mais próximos ao partido estão Donato e Massonetto, que já foram secretários na gestão de Marta Suplicy na prefeitura. Massonetto (que trabalhou com Haddad no Ministério da Educação), Paulani e Mello Franco são pós-graduados pela USP (Universidade de São Paulo), onde Haddad lecionava. Barros Cruz, por sua vez, é ligado Movimento Brasil Competitivo (MBC) e sócio da McKinsey & Company, cargo que deve deixar antes de assumir a secretaria em janeiro do próximo ano.

Com o anúncio, o vereador Wadih Mutran (PP) deverá ganhar uma vaga na Câmara em primeiro de janeiro. Ele era primeiro suplente na coligação e deve ocupar a vaga deixada por Donato, que havia sido eleito vereador.

registrado em: ,