Você está aqui: Página Inicial / Política / Gleisi deve facilitar discussões, diz ministro

Política

Código Florestal

Gleisi deve facilitar discussões, diz ministro

por Redação Carta Capital — publicado 08/06/2011 09h00, última modificação 08/06/2011 20h06
Declaração foi dada por Wagner Rossi (Agricultura), afilhado de Michel Temer e interlocutor dos ruralistas no governo

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, afirmou nesta quarta-feira 8 que a chegada da senadora de Gleisi Hoffmann à Casa Civil deve facilitar as negociações em torno da votação do novo Código Florestal no Congresso.

Ministro da cota do PMDB paulista, Rossi, um dos mais fiéis aliados do vice-presidente Michel Temer no governo, se esquivou, no entanto, quando perguntado se a atuação de Antonio Palocci na coordenação política atrapalhava o andamento das discussões.

“O ministro Palocci fechou um ciclo (do código). A ministra Gleisi é senadora, o que talvez facilite nesta nova etapa”, afirmou.

A declaração demonstra o que os defensores da aprovação do novo Código Florestal esperam da nova ministra. Rossi é hoje um dos principais interlocutores dos ruralistas no Planalto.

O relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) foi aprovado no dia 24 de maio com 410 votos. Um deputado se absteve e 63 votaram contra a proposta. Apesar da aprovação expressiva, houve muita polêmica em torno do texto. A presidenta Dilma Rousseff se manifestou, por meio do líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), contra alguns pontos.

Emenda aprovada na Câmara permite a consolidação de plantações e pastos em áreas de preservação permanente (APPs) e em reservas legais feitas até junho de 2008, até que o governo estabeleça o que não poderá ser mantido nessas áreas.

A emenda também prevê que os estados poderão legislar sobre políticas ambientais, juntamente com a União. O projeto chegou ao Senado há uma semana.

registrado em: ,