Você está aqui: Página Inicial / Política / Força-tarefa contra a miséria

Política

Entrevista

Força-tarefa contra a miséria

por Sergio Lirio publicado 17/06/2011 05h00, última modificação 17/06/2011 14h08
Assim a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, define o plano de tirar 16 milhões da extrema probreza
Força-tarefa contra a miséria

Assim a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, define o plano de tirar 16 milhões da extrema probreza. Foto: Marcelo Casal Jr./ABR

Desde janeiro, a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, enfrenta dois desafios da mesma forma: com discrição. O primeiro, um drama pessoal, parece definitivamente vencido. Em abril último, a ministra encerrou o tratamento de um câncer de mama descoberto no fim de 2010. Tereza sente-se renovada com os primeiros fios de cabelo que nascem após o término das intensas sessões de quimioterapia. “Acho que me caiu bem esse cabelo curto”, brinca durante a entrevista. O segundo desafio acaba de começar e a forma de combatê-lo foi urdida com muitas horas de trabalho nos cinco primeiros meses de governo. Coube à ministra formatar e caberá a ela conduzir o mais ousado plano na área social da administração Dilma Rousseff, o Brasil sem Miséria. O objetivo é até 2014 tirar da extrema pobreza 16 milhões de brasileiros que são o retrato acabado de nossas mais profundas desigualdades: 71% são negros, metade vive na zona rural, 40% têm menos de 14 anos. “Aprendemos uma lição nos últimos anos. Só é possível crescer hoje com inclusão social.”

Confira a entrevista completa na edição 651 de CartaCapital

registrado em: