Você está aqui: Página Inicial / Política / 'Foi um momento especial'

Política

Dilma em NY

'Foi um momento especial'

por Redação Carta Capital — publicado 21/09/2011 14h43, última modificação 21/09/2011 14h43
Ao deixar o Plenário da Assembleia Geral da ONU, presidenta afirmou que discurso foi importante para o Brasil e para as mulheres

Após discursar na abertura da 66ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que vai lembrar que sua fala para os líderes mundiais representou um “momento especial” para ela, para o Brasil e para as mulheres.

Ao lado dos ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia), ela falou rapidamente para a Rádio ONU à saída do evento.

“Vou levar a lembrança do seguinte: foi um momento especial, eu acho que para mim, para o Brasil e para as mulheres, vou levar essa lembrança”, afirmou Dilma.

O discurso transformou a presidenta na primeira mulher a abrir o Debate Geral da ONU, tarefa que cabe tradicionalmente ao Brasil desde a primeira Assembleia Geral, que aconteceu em 1947.

Na rápida entrevista, a presidenta ressaltou também a “a presença calorosa das mulheres” que acompanharam seu discurso no Plenário da Assembleia Geral. “Também foi uma coisa importante; interagiu comigo”, completou.