Você está aqui: Página Inicial / Política / Faroeste candango

Política

Eleições 2010

Faroeste candango

por Redação Carta Capital — publicado 02/10/2010 17h35, última modificação 02/10/2010 17h44
No DF, Weslian Roriz tem registro aprovado pelo TRE, porém aparece atras de Queiroz na pesquisa

No DF, Weslian Roriz tem registro aprovado pelo TRE, porém aparece atras de Queiroz na pesquisa

Atrás do homem, a mulher. Com quatro votos a favor e três contra, Weslian Roriz (PSC) teve o registro de candidatura ao Governo do Distrito Federal aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF). Confiante, o ex-governador Joaquim Roriz afirmou, após a divulgação do resultado, que “governará na retaguarda da esposa”.

Por questões técnicas e jurídicas, e do próprio tempo que falta para o pleito, os eleitores do Distrito Federal terão que enfrentar uma incoerência no dia 3 de outubro. As urnas que serão utilizadas já foram lacradas e a imagem que aparecerá do candidato da coligação do PSC ao governo do DF será a de Joaquim Roriz. Mesmo depois da desistência do ex-governador e do lançamento da candidatura de sua mulher, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não terá condições de alterar foto e nome do candidato.

Testada pela primeira vez pelo instituto de pesquisas CB Data, a candidata de última hora aparece com 30% das intenções de voto. O  petista Agnelo Queiroz, ex-ministro dos esportes no governo Lula, permanece na liderança, com 41%. O candidato Toninho do PSol subiu. Passou de 4% no levantamento anterior, realizado antes do julgamento de Roriz no Supremo Tribunal Federal (STF), para 10%. O crescimento de Toninho pode provocar um segundo turno, que pode dar tempo para Roriz transferir voto para sua esposa e colocá-la de fato na disputa.

registrado em: ,