Você está aqui: Página Inicial / Política / Exposição relata descoberta da vala clandestina de Perus

Política

Ditadura

Exposição relata descoberta da vala clandestina de Perus

por Redação — publicado 03/09/2013 15h55
CEUs Perus e Parque Anhanguera, em SP, recebem fotografias e imagens históricas sobre os desaparecidos político
Divulgação

Os mortos e desaparecidos políticos da Vala clandestina de Perus são tema de uma exposição fotográfica organizada pelo CEU Perus e o CEU Parque Anhanguera. Vala clandestina de Perus – Desaparecidos políticos, um capítulo não encerrado da história brasileira será realizada simultaneamente nos dois CEUs entre os dias 4 a 13 de setembro, com a abertura sendo realizada no CEU Perus, nesta quarta-feira 4, às 19 horas. A exposição terá fotos do livro homônimo lançado no ano passado pelo Instituto Macuco, além de imagens históricas do fotógrafo Marcelo Vigneron e outras provenientes de arquivos de familiares.

O evento conta com o com apoio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), da Subprefeitura de Perus e do Instituto Macuco.

O objetivo da mostra, segundo a organização, é estimular o diálogo entre professores, estudantes e a comunidade local sobre a história da região. A iniciativa faz parte da proposta de ocupação do espaço público pela cidadania que a SMDHC desenvolve em parceria com os equipamentos municipais e as subprefeituras.

Realizada pelo Instituto Macuco e a Comissão Nacional da Anistia – Projeto Marcas da Memória, do Ministério da Justiça, a exposição traz uma narrativa acerca da descoberta da vala, no Cemitério Dom Bosco, em Perus, no dia 4 de setembro de 1990, onde foram enterrados desaparecidos políticos assassinados por militares da ditadura. No total, foram encontradas 1.049 ossadas enterradas clandestinamente, que ainda aguardam identificação.

CEU Perus
Rua Bernardo José de Lorena, s/n
4 de setembro, às 19h e de 5 à 13 de setembro, de segunda a sexta, das 8h às 21h
Entrada gratuita

CEU Parque Anhanguera
De 5 à 13 de setembro, de segunda a sexta, das 8h às 21h

R. Pedro José de Lima, 1.020
Entrada gratuita

registrado em: ,