Você está aqui: Página Inicial / Política / Em vídeo, parlamentar relata esquema de propina no Mato Grosso do Sul

Política

Denúncia

Em vídeo, parlamentar relata esquema de propina no Mato Grosso do Sul

por Redação Carta Capital — publicado 22/09/2010 18h05, última modificação 23/09/2010 11h09
Sem saber que estava sendo gravado, o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do estado, Ary Rigo, detalha um 'mensalão' pago a autoridades

Sem saber que estava sendo gravado, o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do estado, Ary Rigo, detalha um 'mensalão' pago a autoridades

Ary Rigo (PSDB), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato-Grosso do Sul, é a estrela involuntária de 32 minutos de vídeo que circulam desde a ontem (21) na internet. A atuação de Rigo é vergonhosa: ele relata um esquema de distribuição mensal de dinheiro a autoridades sul-matogrossenses, incluindo o governador André Puccinelli.

As imagens foram filmadas pelo secretário de governo da cidade de Dourados, Eleandro Passaia, segundo matéria publicada hoje na Folha de S.Paulo. Rigo reclama que o valor exigido pelo governo subiu: "Nós devolvíamos 2 milhões de reais em dinheiro para o André [Puccinelli], 900 mil para dar para os desembargadores e para o TJ e 300 mil para o Ministério Público. Cortou tudo. Agora, vamos devolver 6 milhões para o governo".

Rigo defendeu-se das acusações afirmando que estava falando sobre repasses normais de verbas, e não de propina. O governador André Puccinelli desdenhou das gravações: "Não vi e não estou preocupado. Pergunte para o Rigo".