Você está aqui: Página Inicial / Política / Campanha recolhe 9.160 armas

Política

Em dois meses

Campanha recolhe 9.160 armas

por Agência Brasil publicado 06/07/2011 14h50, última modificação 06/07/2011 19h14
Segundo Ministério da Justiça, 30,9 mil munições foram entregues no País e R$ 835 mil pagos em indenização

Por Daniella Jinkings*

Brasília – Em vigor há dois meses, a Campanha Nacional do Desarmamento 2011 arrecadou 9.160 armas e 30,9 mil munições em todo o país. O balanço nacional, divulgado nesra quarta-feira 6 pelo Ministério da Justiça, mostra que cada pessoa entrega, em média, uma arma. No caso das munições, são 36 unidades por pessoa.

De acordo com o ministério, os revólveres calibre 38 lideram a lista dos armamentos recebidos pelas polícias Federal e Rodoviária Federal, com 2.436 unidades recolhidas. Em segundo lugar estão os revólveres calibre 32, com 1.110 unidades (12%). Foram entregues ainda 32 fuzis, quatro metralhadoras e duas submetralhadoras.

A Campanha Nacional do Desarmamento prevê a indenização às pessoas que entregarem armas nos postos de arrecadação. Até o momento, o Ministério da Justiça pagou R$ 835 mil em reparações. Os valores variam de R$ 100 a R$ 300 por arma entregue.

A campanha segue até 31 de dezembro. De acordo com o ministério, depois dessa data, as entregas continuarão sendo aceitas, mas as pessoas que decidirem se desarmar não serão indenizadas. Delegacias de Polícia Civil, postos da Polícia Rodoviária Federal, batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e unidades das Forças Armadas funcionam como postos de coleta. As unidades autorizadas para coleta de armas estão relacionadas na página oficial da campanha na internet.

*Publicado originalmente em Agência Brasil.

registrado em: