Você está aqui: Página Inicial / Política / Dilma indica Rodrigo Janot como novo procurador-geral

Política

Justiça

Dilma indica Rodrigo Janot como novo procurador-geral

por Redação — publicado 17/08/2013 20h35
Janot liderava a lista tríplice encaminhada pela Associação Nacional dos Procuradores ao Planalto. Seu nome será enviado ao Senado
Valter Campanato/ABr
Rodrigo Janot

Rodrigo Janot, votado pela ANP e escolhido por Dilma, precisa da aprovação do Senado

A presidenta Dilma Rousseff indicou neste sábado 17 Rodrigo Janot para ser o novo procurador-geral da República, e suceder Roberto Gurgel, que deixou o cargo nesta semana após quatro anos de mandato. Seu nome será remetido ao Senado, que deve aprovar ou não a indicação feita pelo Planalto.

Janot liderava a lista tríplice encaminhada pela Associação Nacional dos Procuradores à presidenta. De acordo com nota divulgada pela Presidência da República, Dilma Rousseff avalia como "brilhante" a carreira do indicado" e "considera que Janot reúne todos os requisitos para chefiar o Ministério Público com independência, transparência e apego à Constituição”.

Janot é subprocurador-geral desde 2003. Procurador da República desde 1984, é mestre em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, com especialização em direito do consumidor e meio ambiente pela Escola Superior de Estudos Universitários de S. Anna, na Itália. Foi presidente da associação dos procuradores entre 1995 e 1997 e integrou a lista tríplice de 2011.

Com informações da Agência Brasil

registrado em: ,