Você está aqui: Página Inicial / Política / Dilma enfrentaria segundo turno em 2014

Política

Datafolha

Dilma enfrentaria segundo turno em 2014

por Redação — publicado 29/06/2013 19h30
Segundo pesquisa, presidenta caiu 21 pontos percentuais após protestos pelo Brasil. Ela enfrentaria no segundo turno a ex-senadora Marina Silva
Antonio Cruz/ABr
download.jpg-653.html

Dilma enfrentaria segundo turno em 2014, contra Marina Silva

Pesquisa divulgada pelo Datafolha neste sábado 29 mostra uma queda de 21 pontos percentuais na intenção de votos da presidenta Dilma Rousseff (PT) para as eleições de 2014. Três semanas após os protestos que movimentaram o Brasil, a pré-candidata à Presidência passou de 51% das intenções de voto entre 6 e 7 de junho, para 30%. Hoje, a disputa iria para o segundo turno.

Segundo a pesquisa, dos prováveis adversários da petista, quem mais ganhou espaço foi a ex-senadora Marina Silva (Rede). Ela passou de 16% para 23%.

Hoje, Dilma e Marina Silva se enfrentariam em um eventual segundo turno.

Outro que cresceu foi o senador Aécio Neves (PSDB): de 14% para 17%. Eduardo Campos (PSB), governador de Pernambuco, oscilou de 6% para 7% das intenções de voto.

O Datafolha entrevistou 4.717 pessoas em 196 cidades do País, entre quinta-feira 27 e sexta-feira 28. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Queda de popularidade

A pesquisa também apontou uma queda de 27 pontos percentuais na popularidade de Dilma nas últimas três semanas. Segundo o instituto, 30% dos brasileiros consideram a gestão da presidenta boa ou ótima após os protestos pelo país. Na primeira semana de junho, a aprovação era de 57%. O maior índice atingido por ela foi em março, quando chegou a 65% de popularidade.

O instituto perguntou ainda sobre o desempenho da presidenta em relação  aos protestos. Para 32%, sua postura foi ótima ou boa. Outros 38% julgaram como regular e 26% avaliaram como ruim ou péssima.

registrado em: