Você está aqui: Página Inicial / Política / Depoimento de Valério está com o MPF de Minas Gerais

Política

Mensalão

Depoimento de Valério está com o MPF de Minas Gerais

por Redação Carta Capital — publicado 14/02/2013 18h21, última modificação 14/02/2013 18h21
Procuradores não têm prazo para analisar veracidade das acusações de que o ex-presidente Lula estaria envolvido no "mensalão"

O depoimento do empresário Marcos Valério em que acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de envolvimento no chamado "mensalão" já está com o Ministério Público Federal em Minas Gerais. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, como são muitas as informações, não há prazo para a conclusão dos trabalhos. Valérii deu o depoimento quando já havia sido condenado a 40 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal como o operador do esquema.

O caso foi remetido à primeira instância porque o ex-presidente não tem mais a prerrogativa do foro.

Os procuradores do MPF-MG vão verificar se há conexão do depoimento com outras ações ligadas ao “mensalão” que correm na Justiça do estado. São ao menos seis delas, sendo que Valério já foi condenado em duas.

 

O depoimento ocorreu em 24 de setembro, durante o julgamento do "mensalão". À épóca, Valério disse que Lula sabia do esquema e recebeu recursos quando já era presidente em 2003.

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou o depoimento para Minas Gerais no inicio de fevereiro. Anteriormente, o MPF manifestou cautela com as acusações do empresário. Gurgel, por exemplo, chamou Marcos Valério de “jogador” e lembrou outras ocasiões em que ele havia tentado confundir as apurações. “Com muita frequência Valério faz referência a declarações que ele considera bombásticas etc., e quando nós vamos examinar em profundidade não é bem isso”, afirmou à ocasião.

 

Com informações Agência Brasil

registrado em: ,