Você está aqui: Página Inicial / Política / Dados do genro de Serra na Receita também foram acessados

Política

Sigilo

Dados do genro de Serra na Receita também foram acessados

por Redação Carta Capital — publicado 08/09/2010 17h29, última modificação 08/09/2010 17h29
Informações do Imposto de Renda de Alexandre Bourgeois, marido de Verônica Serra, foram acessadas no mesmo computador que violou outros sigilos

A conta-gotas, vão aparecendo os personagens que tiveram sigilo fiscal violado na agência da Receita Federal em Mauá. Agora, é a vez do genro do candidato do PSDB à Presidência, Alexandre Bourgeois. No dia 16 de outubro de 2009, os dados da declaração de Imposto de Renda dele foram acessados pelo mesmo computador que havia invadido, oito dias antes, as informações de 140 contribuintes.

Entre os nomes que tiveram o sigilo fiscal quebrado na primeira invasão, feita com a senha de uma servidora da agência, estavam os tucanos Eduardo Jorge, Ricardo Sérgio, Gregório Preciado e Luis Carlos Medonça de Barros - além da filha do candidato, Verônica Serra.

Segundo matéria publicada nesta quarta-feira 8 pela edição online do jornal O Estado de S. Paulo, as informações fiscais de Bourgeois foram acessadas três vezes pelo computador da funcionária Adeildda Ferreira dos Santos.

Leia mais sobre o caso