Você está aqui: Página Inicial / Política / CUT abre discussão sobre Reforma Tributária

Política

Seminário

CUT abre discussão sobre Reforma Tributária

por Redação Carta Capital — publicado 21/03/2011 12h30, última modificação 21/03/2011 18h14
O seminário sobre a estrutura tributária brasileira acontece nesta segunda 21 e terça-feira 22, em Brasília. Da Redação

O seminário sobre a estrutura tributária brasileira acontece nesta segunda 21 e terça-feira 22, em Brasília

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) realiza entre esta segunda 21 e terça-feira 22, em Brasília, o seminário “Tributos e Desenvolvimento: perspectivas para o trabalho e a distribuição de renda”.

No encontro, que tem a participação de acadêmicos, sindicalistas estrangeiros e de representantes do parlamento e do governo federal, a CUT pretende debater e formalizar as suas propostas para as mudanças necessárias na estrutura tributária brasileira.

Um dos objetivos da discussão, na visão da Cetnral, é promover distribuição de renda, tornando a estrutura de tributos progressiva, ou seja, diminuir a carga sobre quem ganha menos e aumentar para quem ganha mais. Atualmente no Brasil, a estrutura é profundamente regressiva. Outro ponto fundamental das mudanças para a CUT deve ser o estímulo à produção e o combate à especulação.

Central já antecipou em momentos anteriores algumas propostas que defende para a Reforma Tributária:

- eliminar a cobrança do imposto de renda sobre as aposentadorias;

- dedução do imposto de renda dos gastos com planos de saúde e educação;

- dedução do imposto de renda para gastos com aluguel;

- redução de impostos sobre produtos de consumo popular;

- aumento da tributação sobre itens de consumo de luxo, como joias, por exemplo;

- aumento do número de faixas da tabela do imposto de renda;

- que o 13º salário passe a ser somado aos 12 salários do ano e, assim, deixe de ter tributação exclusiva;

- incentivo a empresas que empregam muitas pessoas, transferindo parte da contribuição patronal ao INSS para o faturamento, reduzindo a incidência sobre a folha;

- imposto sobre grandes fortunas;

-aumento da participação dos tributos diretos (aplicados sobre a renda) no total arrecadado; entre outras.

Conheça a programação:

Seminário Tributos e Desenvolvimento: perspectivas para o trabalho e a distribuição de renda

Dia 21, segunda-feira

15h – Mesa Inicial

Tributos, Trabalho e Desenvolvimento

Professor dr. Evilásio Salvador – UnB

Anselmo Luiz dos Santos – CESIT/Unicamp

Dia 22, terça-feira

09h30 – Mesa

Experiências internacionais de Sistema Tributário

Klaus Beck– DGB Alemanha
11h –Mesa

Desafios para uma Reforma Tributária no Brasil

Márcio Pochmann – Presidente do IPEA
Cláudio Puty – Deputado Federal PT
Pedro Delarue Tolentino - Presidente SINDFISCO Nacional
Nelson Barbosa – Secretário Executivo do Ministério da Fazenda
Clemente Ganz Lúcio, coordenador do DIEESE
14h – coletiva de imprensa
15h30 – Estratégia e Ações da CUT

Serviço:

O seminário será realizado no Hotel Nacional, em Brasília (Setor Hoteleiro Sul - Quadra 01 - Bloco A).

registrado em: