Você está aqui: Página Inicial / Política / Com viagens de Dilma e Temer, Renan Calheiros assume a Presidência

Política

Palácio do Planalto

Com viagens de Dilma e Temer, Renan Calheiros assume a Presidência

por Agência Brasil publicado 24/05/2013 12h09, última modificação 24/05/2013 12h10
Presidente do Senado, que já havia assumido o cargo em 2006, é o terceiro na linha sucessória do cargo máximo do País
Agência Brasil
abr150513wdo_9063a.jpg-1808.html

Presidente do Senado, que já havia assumido o cargo em 2006, é o quarto na linha sucessória do cargo máximo do País

Por Luana Lourenço*

Brasília – O presidente do Senado, Renan Calheiros, passará esta sexta-feira 24 como presidente da República. Terceiro na linha sucessória, Renan assumiu o cargo máximo do País no fim da noite de quinta-feira 23 porque a presidenta Dilma Rousseff viajou à Etiópia (África), o vice-presidente Michel Temer foi para o Equador e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, também está fora do País.

Dilma viajou para Adis Abeba, capital da Etiópia, onde vai participar de cerimônia em comemoração ao aniversário da União Africana, e fica fora do Brasil até a noite de domingo 26. Temer, que está em Quito, capital do Equador, para a posse do presidente reeleito Rafael Correa, retornará ao Brasil no sábado 25, assumindo a Presidência no lugar de Renan.

Em 2006, Renan já havia assumido a Presidência da República interinamente durante uma viagem ao exterior do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu vice, José Alencar. Na época, ele também era presidente no Senado e o presidente da Câmara, segundo na linha sucessória, também estava fora do país.

*Publicado originalmente em Agência Brasil.

registrado em: