Você está aqui: Página Inicial / Política / Com mais da metade das urnas apuradas, "não" sai na frente

Política

Divisão do Pará

Com mais da metade das urnas apuradas, "não" sai na frente

por Redação Carta Capital — publicado 11/12/2011 18h33, última modificação 11/12/2011 18h55
Com quase 50% das urnas apuradas, 69,49% dos eleitores optaram pela não criação do estado de Carajáse 68,88% pela não criação do estado do Tapajós

O "não" saiu na frente na apuração do plebiscito sobre a divisão do Pará. Com 70,75% das urnas apuradas, 69,39% dos eleitores optaram pela não criação do estado de Carajás, ante 30,61% do "sim" e 68,8% pela não criação do estado do Tapajós, contra 31,20% pela divisão. O comparecimento foi de cerca de 74%.

O plebiscito que decidirá se o Pará será divido em um ou mais novos estados se encerrou por volta das 18h. A votação contou com 4,8 milhões de eleitores, 17.917 urnas e tropas federais em 16 municípios para reforçar a  segurança. A expectativa do presidente do TSE, o ministro Ricardo Lewandowski, é de que o resultado seja divulgado ainda neste domingo 11. "O plebiscito é um momento histórico, e prova que a democracia brasileira está amadurecida e consolidada", disse o ministro. Ele acrescentou que, a exemplo de 2010, quando os brasileiros foram às urnas de forma tranquila, o povo paraense voltou às urnas de maneira ordeira e pacífica, para responder à consulta plebiscitária.

*Com informações da Agência Brasil

registrado em: ,