Você está aqui: Página Inicial / Política / CGU apura novas denúncias

Política

Ministério dos Transportes

CGU apura novas denúncias

por Agência Brasil publicado 05/10/2011 15h40, última modificação 05/10/2011 15h42
Alvo da Controladoria, novo diretor-geral do Dnit estaria envolvido em irregulares com ONG de desenvolvimento ambiental

Por Débora Zampier*

A Controladoria-Geral da União (CGU) informou nesta quarta-feira 5, por meio de nota, que iniciou uma sindicância para apurar novas denúncias sobre irregularidades envolvendo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a organização não governamental Instituto Nacional de Desenvolvimento Ambiental (Inda).

A edição da revista Veja desta semana relaciona o general Jorge Fraxe, que assumiu a diretoria-geral do Dnit após a saída de Luiz Antonio Pagot, a um esquema de corrupção. De acordo com a revista, Fraxe mantém relações estreitas com o gerenciamento do Inda. Além de Fraxe, a revista aponta o envolvimento de duas funcionárias do Dnit, nomeadas na gestão de Pagot, que permaneceram nos cargos depois da série de demissões no Ministério dos Transportes e órgãos subordinados.

A portaria instaurando a sindicância deverá ser publicada na edição de amanhã 6 do Diário Oficial da União. A comissão encarregada da apuração terá 30 dias, prorrogáveis por mais 30, para concluir o trabalho. A CGU também informa que a apuração atende a um pedido do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos.

Caso se confirmem os indícios da prática de ilícitos, a sindicância poderá propor a abertura de um processo administrativo disciplinar (PAD) ou outro procedimento de natureza punitiva.

*Matéria publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: