Você está aqui: Página Inicial / Política / Alencar passa bem, após intervenção para conter sangramento, diz médico

Política

São Paulo

Alencar passa bem, após intervenção para conter sangramento, diz médico

por Agência Brasil publicado 29/12/2010 10h51, última modificação 29/12/2010 10h52
O vice-presidente da República passa bem após exame que durou quatro horas no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado por causa de um sangramento digestivo

Por Elaine Patricia Cruz

O vice-presidente da República, José Alencar, passa bem, após exame de arteriografia que durou quatro horas, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde está internado desde a última quarta-feira (22) por causa de um sangramento digestivo.

A arteriografia, que começou por volta das 15h, é um procedimento médico semelhante a um cateterismo cardíaco. Ela foi feita com o paciente sedado e tem o objetivo de localizar o ponto exato do sangramento.

Segundo o cirurgião geral Raul Cutait, a arteriografia realizada pelo médico intervencionista Francisco Carnevalle conseguiu identificar o ponto de origem da hemorragia e cauterizar a artéria. O tumor, que está provocando o sangramento em Alencar, está no intestino delgado. “Esperamos, então, que o tumor pare de sangrar, o que vai dar uma condição melhor para o paciente. [O foco de sangramento] foi encontrado e bem resolvido”, disse o médico.

Segundo Cutait, o sangramento no intestino do vice-presidente, antes da realização da arteriografia, estava bem menor do que quando ele chegou ao hospital, mas como era constante, obrigava o paciente a passar por transfusões de sangue diariamente. Por isso, a decisão de fazer a arteriografia.

Segundo os médicos, será necessário agora esperar entre 24 e 72 horas para avaliar como ocorrerá a evolução do procedimento, se o tumor vai parar de sangrar e se não haverá complicações. Enquanto isso, Alencar ficará na unidade de terapia intensiva do hospital. “De modo geral, pode-se dizer que a proposta desejada foi concretizada”, disse Cutait.

registrado em: