Você está aqui: Página Inicial / Política / Aécio acredita em alianças entre oposição e base aliada

Política

Minas

Aécio acredita em alianças entre oposição e base aliada

por Redação Carta Capital — publicado 18/01/2011 12h33, última modificação 18/01/2011 12h33
Senador eleito pelo PSDB mineiro, o ex-governador diz que acordos ocorrerão "em torno de temas que são importantes para o País"

Senador eleito pelo PSDB mineiro, o ex-governador diz que acordos ocorrerão "em torno de temas que são importantes para o País"

As apostas de que a atuação de Aécio Neves no Senado seria menos hostil ao governo Dilma Rousseff parecem se confirmar - ao menos no ínicio dos  trabalho. O tucano declarou nesta segunda-feira 17 que a oposição deve entrar em acordo com a base aliada "em torno de temas que são importantes para o país".

Segundo noticiou o jornal O Estado de S. Paulo, o ex-governador mineiro visitou o sucessor, Antonio Anastasia. Após o encontro, ele afirmou que o Congresso precisa criar uma agenda comum sobre "grandes temas nacionais e buscar interlocução dentro do próprio governo, quando possível e necessário. Quando não for possível, vamos obviamente para o embate político".

Na questão do salário mínimo, primeira grande discussão do governo Dilma, o senador foi cuidadoso: "O governo, sempre quando manda uma proposta de salário mínimo, mantém uma margem de discussão política, uma margem de aumento. Acredito que essa negociação ocorrerá. Não devemos fazer do salário mínimo, como de nenhum outro tema, até belas bandeiras de caráter político. É uma discussão extremamente séria".

registrado em: