Você está aqui: Página Inicial / Política / A votação do mínimo

Política

Piso

A votação do mínimo

por Paulo Daniel — publicado 16/02/2011 09h29, última modificação 17/02/2011 10h38
As centrais bateram na mesma tecla, da valorização monetária, e esqueceram-se completamente das políticas sociais, que complementam a valorização do salário mínimo. Por Paulo Daniel

A votação do salário mínimo na Câmara dos Deputados não deverá ter nenhuma surpresa, a proposta do governo de R$ 545,00 será aprovada.

Para o governo, essa votação será importante para avaliar quem serão os dissidentes da base aliada e qual será a força da oposição.

No que diz respeito à política do salário mínimo o governo está correto em manter a sua valorização ao longo do tempo.

Entretanto, para garantir a sua valorização não é somente o valor monetário que importa, mas sim, atrelado a isso, a garantia de oferta de políticas públicas de qualidade e para todos, como por exemplo, saúde, educação e transporte público.

Nesse ponto, as centrais sindicais bateram na mesma tecla, da valorização monetária, e, esqueceram-se completamente das políticas sociais, que complementam a valorização do salário mínimo. Erraram na política.

Para os próximos períodos, governo e centrais sindicais devem pensar a política de valorização do salário mínimo em conjunto com a oferta de políticas sociais, como sendo uma das diretrizes de um novo processo de desenvolvimento econômico e social.

Texto publicado no Além de Economia

registrado em: