Você está aqui: Página Inicial / Política / “Este país será o que queremos se conseguirmos garantir a democracia”, diz Lula sobre golpe militar

Política

50 anos do golpe

“Este país será o que queremos se conseguirmos garantir a democracia”, diz Lula sobre golpe militar

por Redação — publicado 31/03/2014 13h46
Em vídeo, Lula reforça que a lembrança do golpe e da ditadura servem para valorizar a democracia brasileira
Reprodução
Lula

No vídeo o ex-presidente Lula enaltece o direito à manifestação

Com informações do Instituto Lula

O Instituto Lula publicou nesta sexta-feira 28 um vídeo no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fala sobre os 50 anos do golpe militar no Brasil. Na mensagem, ele lembra que o momento histórico "suspendeu o regime democrático, revogou liberdades essenciais, prendeu milhares de militantes políticos e fez com que outros tantos tivessem que sair do país”.

Para Lula, apenas em períodos de democracia “trabalhadores, mulheres, todos os segmentos sociais podem chegar ao poder pois têm o pleno direito de expressão e manifestação”. O ex-presidente também enfatizou o direito à livre manifestação e a importância da participação popular na democracia: “Apenas em uma democracia o povo pode ir às ruas reivindicar seus direitos pois a democracia não é nenhum pacto de silêncio, é a sociedade em movimento buscando novas conquistas”.

“Devemos sim lembrar nosso passado, lamentar o período sombrio pelo qual passamos, mas sobretudo lutar a cada dia para ampliar a nossa democracia, incluindo cada vez mais gente e fazendo com que nosso sistema político represente cada vez melhor o povo brasileiro. (…) Este país será o país que queremos se conseguirmos garantir a democracia”, finaliza.

O site de CartaCapital está publicando um especial sobre os 50 anos do golpe, no qual militantes, políticos, militares e advogados contam como tiveram suas vidas impactadas pelo regime militar.

Confira, abaixo, o vídeo: