Você está aqui: Página Inicial / Política / “Kassab é menor que o DEM”, afirma ACM Neto

Política

Entrevista

“Kassab é menor que o DEM”, afirma ACM Neto

por Brasil Econômico — publicado 16/03/2011 16h31, última modificação 16/03/2011 16h31
O deputado federal ACM Neto integra a geração do DEM que assumiu a linha de frente do partido em 2007

O deputado federal ACM Neto integra a geração do DEM que assumiu a linha de frente do partido em 2007

Por Pedro Venceslau

Naquele ano, a sigla que já foi a maior do país renovou seus quadros para não se desintegrar na era Lula.

Como líder dos Democratas na Câmara, Neto foi uma das estrelas da convenção que, na terça-feira (15/3), sacramentou a nova direção da sigla.

Ao Brasil Econômico, ele falou sobre o futuro do DEM sem o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

O DEM corre o risco de sofrer uma debandada com a saída de Gilberto Kassab?

Não existe debandada. Alguns oportunistas podem ir para a base do governo, mas isso será algo pontual.

O partido pode ficar um pouco menor quantitativamente, mas certamente sairá desse processo mais coeso. Nós temos um projeto comum.

Como avalia a postura do prefeito paulistano?

O Kassab é menor que o DEM. Se for confirmada mesmo sua saída, eu vou lamentar. Pior que a infidelidade partidária é a ideológica. Mas o partido continuará tendo força e vigor. A convenção vai ser um ponto final da divisão interna.

Qual é o projeto do DEM para 2012?

Teremos candidatos nas cidades grandes e médias, onde existem retransmissoras de rádio e TV. Mais de 44 milhões de pessoas acreditaram na oposição em 2010. Não podemos jogar isso fora.

Pretende disputar a prefeitura de Salvador ano que vem?

Meu nome é lembrado, mas ainda vamos ver. Estou conversando com nossos aliados a respeito.

registrado em: