Você está aqui: Página Inicial / Mais Admiradas / Vivo e AES Brasil pedem investimento em infraestrutura no País

Mais Admiradas

As empresas mais admiradas no Brasil

Vivo e AES Brasil pedem investimento em infraestrutura no País

por Redação — publicado 11/11/2014 14h51, última modificação 11/11/2014 16h07
Empresários do setor de comunicação e energia querem que governo barateie o custo Brasil

Empresários presentes no evento As Empresas Mais Admiradas no Brasil, da revista CartaCapital, acreditam que o incentivo ao investimento é crucial para a retomada do crescimento do Brasil. Algumas mudanças já foram iniciadas pelo governo, outras ainda precisam ser tomadas. Para Antônio Carlos Valente, presidente da Vivo, o principal ponto a ser atacado é o excesso de burocracia no dia a dia das empresas. "A gente precisa fazer do Brasil um País mais simples, o que com certeza terá efeito sobre a competitividade e sobre o emprego", disse o executivo.

Valente chama atenção para a importância das concessões de infraestrutura, iniciado recentemente, e alerta para a necessidade de fortalecer a estabilidade política e regulatória, além de buscar novas formas de captar recursos de longo prazo. "Todos temos consciência do que precisa ser feito, e acho que será feito."

Para Britaldo Soares, presidente do Grupo AES Brasil, são os investimentos em infraestrutura que podem impulsionar os demais. "O modelo baseado em consumo está exaurido, por isso o empenho do governo deve estar centrado em baratear o custo Brasil", disse. O setor de energia, em especial, sofre um momento de estresse, segundo o executivo, decorrente de vários fatores como a renovação das concessões das geradoras, o processo de revisão tarifárias das distribuidoras e dois períodos seguidos de hidrologia ruim. "Precisamos de um freio de arrumação conjuntural para estabelecer as bases de um futuro mais estruturado de investimento contínuo."