Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Vice-ministro do petróleo se une à oposição

Internacional

Síria

Vice-ministro do petróleo se une à oposição

por AFP — publicado 08/03/2012 16h56, última modificação 08/03/2012 16h56
Abdo Hussameddine anunciou que abandona o governo para se unir à oposição e criticou Rússia e China por não proteger 'o povo sírio'
Abdo Hussameddine

Abdo Hussameddine anunciou a saída do governo em um vídeo. Foto: ©AFP/YouTube

BEIRUTE, Líbano (AFP) - O vice-ministro sírio do Petróleo, Abdo Hussameddine, anunciou na madrugada desta quinta-feira 8 que abandonou o governo para se unir à oposição ao regime do presidente Bashar al-Assad, revela uma mensagem de vídeo no Youtube.

"Eu, engenheiro Abdo Hussameddine, vice-ministro do Petróleo (...) anuncio minha demissão (...) e me uno à revolução do povo que rejeita a injustiça e a campanha brutal do regime", diz o vice-ministro, o mais alto dirigente a abandonar o regime sírio desde o início da onda de manifestações contra o governo em Damasco.

O militante que gravou as imagens e as colocou no YouTube disse à AFP em Beirute que a oposição ajudou a organizar a deserção do vice-ministro, mas omitiu onde ocorreu a filmagem, alegando razões de segurança.

No vídeo, Abdo Hussameddine critica Rússia e China por não proteger "o povo sírio, mas sim os assassinos" do regime.

O vice-ministro lembra que serviu ao governo sírio durante 33 anos e afirma que não deseja terminar sua vida "a serviço de um regime criminoso".

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: