Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Usina Nuclear de Fukushima tem nível mais elevado de radiação

Internacional

Japão

Usina Nuclear de Fukushima tem nível mais elevado de radiação

por Agência Brasil publicado 02/08/2011 09h22, última modificação 02/08/2011 09h22
De acordo com o Ministério da Ciência do Japão, se uma pessoa é exposta a um nível elevado de radiação pode morrer em menos de 48 horas

A Tokyo Electric Power Company (Tepco), que administra a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do Japão, identificou nesta terça-feira 2 o nível mais alto de radiação dos últimos quatro meses. A medição ocorre desde o terremoto seguido de tsunami que atingiu o país em 11 de março, causando vazamentos e explosões na usina. Com informações da Agência Telam.

Os níveis de radiação foram encontrados nos tubos de ligação do reator 1 com o 2. De acordo com o Ministério da Ciência do Japão, se uma pessoa é exposta a um nível elevado de radiação pode morrer em menos de 48 horas.

Como resultado das medições, a Tepco limitou o acesso às áreas nas quais houve a identificação das radiações. A empresa informou que os funcionários da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi não são submetidos aos elevados níveis de radioatividade.

Desde os acidentes nucleares no Japão, em março, as autoridades do país esvaziaram as cidades próximas à usina, proibiram o consumo dos produtos da região, assim como da água. As crianças e adolescentes passaram a usar medidores de radiação que são analisados com frequência.

*Publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: